Tudo indica que melou o acordo operacional entre as companhias aéreas Oceanair e BRA.

Anunciado com alarde em junho deste ano e que previa vôos compartilhados para 55 destinos domésticos. Um lacônico comunicado distribuído esta semana pela OceanAir informa que, a partir de 1º de outubro, a empresa “volta a operar suas rotas sem ter seus vôos compartilhados”. E anuncia como novidade a linha direta Curitiba-São José dos Campos-Curitiba. Contatada pelo Turismo I&C, a companhia não deu retorno.