Vendas de usados acumulam crescimento de 47% no ano

375

As vendas de veículos usados continuam aquecidas e registraram um leve crescimento em agosto, como mostram os dados do boletim divulgado na segunda-feira, 6, pela Fenauto, entidade que representa o setor de lojistas multimarcas do Brasil.

Segundo o relatório, o segmento registrou um aumento de 1% no volume de vendas de modelos usados e seminovos, quando comparado a julho. Foram comercializadas 1.438.855 unidades em agosto contra 1.424.130 no mês anterior.

O boletim da entidade revela que houve um acréscimo de 13,8% no volume de vendas na comparação com agosto do ano passado. Já no acumulado do ano, o crescimento foi ainda maior: 47,2% mais do que no período de janeiro a agosto de 2020.

Com esse bom resultado entre os usados, a Fenauto diz que continua otimista na manutenção desse cenário positivo até o final deste ano, mas que se mantém atenta aos acontecimentos que podem influenciar a economia como um todo.

“Nossa expectativa é que até o final de 2021 conseguiremos manter um ritmo positivo, em função ainda da alta procura pelos seminovos e usados, provocada pela dificuldade na aquisição de veículos zero-quilômetro”, explica Ilídio dos Santos, presidente da Fenauto.

Os números contrastam com a queda registrada em agosto nas vendas dos veículos zero-quilômetro, que apresentaram uma redução de 2,4% sobre julho, com apenas 158.468 unidades emplacadas, motivada pela falta de microchips que vem paralisando linhas de produção no País.