O presidente estadual do PT, deputado André Vargas, informou hoje que fez uma reavaliação e defenderá durante o 3º Congresso Nacional do PT, que começa amanhã em São Paulo.

Vargas consultou dos delegados do Paraná, são 57 no total, e os paranaenses defenderão esta tese, que já que o tema foi polêmico no Congresso Estadual do PT. “Queremos que o PED ocorra o mais rápido o possível e ainda neste ano para que possamos cuidar depois das eleições do ano que vem”. Esta é a posição que o deputado está defendendo na reunião do campo majoritário, que está ocorrendo na tarde desta quinta-feira, 30/08, em São Paulo. Vargas também reforça que está buscando entendimentos internos com os grupos ligados a Marta Suplicy, Gilmar Tato e ao presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, para que haja um único candidato à presidência nacional do partido.