Uso de máscara realça os olhos

264

O clássico olho esfumado nunca sai de moda. E pode ser uma sugestão para realçar o olhar já que a máscara virou um saudável acessório obrigatório. A maquiadora Heloísa Sanchez garante o protagonismo das maquiagens em 2021: “Olhos marcantes e coloridos continuarão sendo tendência, principalmente nas cores azul e laranja, que podem ser usadas de forma esfumada em toda a pálpebra, ou em traços finos e delicados de delineados, tanto tradicionais como mais fun”.

Maquiadora da marca Laura Mercier, ela indica um produto de alto poder de pigmentação, e uma durabilidade de 12 horas: o Caviar Stick Eye Colour, uma deslizável sombra cremosa em bastão, disponível em 22 cores, “ideal para misturar, alinhar, preencher, esfumar ou definir”.  E ensina:  primeiro se passa o bastão cremoso em toda a pálpebra, para depois depositar a sombra.  Independentemente da cor escolhida, passe pouco produto por vez, criando camadas de cor até chegar no tom e esfumado desejado”.

Caviar Stick e paletas de sombras Parisian Nudes estão disponíveis no e-commerce https://www.lauramercier.com.br/ além das lojas físicas e site Sephora.

Para maquiagem voltada ao olhar, a Quem Disse, Berenice? Tem o Tubinho Preto (R$42,90), uma máscara em edição limitada, com fórmula rica em vitaminas B5 e E, que auxiliam na nutrição dos cílios enquanto mantém o efeito embelezador. Além disso, garante a fabricante, a tecnologia Superfilme permite a remoção do produto de forma imediata, bastando aplicar um pouco de água morna e com movimentos leves de fricção todo o produto sai, sem borrar ou prejudicar os fios. A novidade conta com um aplicador com cerdas de silicone que garantem muito volume por até 24h. Detalhe: as fórmulas são veganas.

Romã tem poder até para tratar a pele

Bonita no quintal, símbolo de saúde e outros predicados, como o de fortalecer o sistema imunológico, a romã, indica a cosmiatra Luciana Garbelini, é forte aliada na aparência da pele. E explica que a fruta é muito rica em vitamina A, “nutriente que age a favor da renovação celular e na produção de novas fibras de colágeno da derme, atuando contra a flacidez, linhas finas de expressão e combate ao fotoenvelhecimento, causado pela exposição ao sol”.

“A fruta pode ser consumida de diversas maneiras, como in natura, em chás, sucos, saladas e até alguns doces. A ingestão continuada do suco, por exemplo, é capaz de favorecer uma melhora no tônus da pele e deixá-la mais saudável”, relaciona Garbelini, lembrando ainda que no mercado há produtos específicos.

A marca Ricca, por exemplo, tem opções. Diz a profissional:  “O uso tópico com o extrato da romã também é recomendado e uma das alternativas é com aplicação de máscaras faciais à base da fruta. Esse tipo de extrato favorece a hidratação natural, luminosidade e firmeza da pele”.

Sol demais pode te deixar careca

Exposição solar exagerada causa doenças graves ao couro cabeludo, incluindo perda de cabelo, porque os raios UVA e UVB são um perigo tanto para pele quanto para o cabelo.  A tricologista Valine Alencar adverte: “Quem tem cabelos ralos, alopecia e calvície, tanto a masculina quanto a feminina, precisa de atenção redobrada”.

Os sintomas de um couro cabeludo queimado pelo sol são basicamente os mesmos que uma queimadura solar em outras partes do corpo, diz Valine, observando: “O erro das pessoas é utilizar bloqueador ou protetor solar para os fios achando que também está protegendo a pele da cabeça”.

Ela recomenda passar protetor solar no couro cabeludo da mesma forma que passa no corpo, usar e abusar de chapéu, boné ou lenços bem tramados. O ideal é utilizar protetor solar, seja em creme ou spray, com FPS superior a 50, evitar sol entre às 10h e às 16h.

Valine Alencar, terapeuta ortomolecular integrante da Academia Brasileira de Tricologia, há dez anos dedica-se aos cuidados com o couro cabeludo, cabelos e fios, com protocolos orgânicos, naturais que atendem homens, mulheres, gestantes, idosos e crianças. Faz atendimento presencial,  em Brasília, ou online, estando presente nas redes sociais.

Jornalismo de beleza em curso

Luiza Souza, que atuou na revista Vogue Brasil por sete anos, dará curso  para pessoas que desejam se aprofundar no jornalismo especializado em beleza. Vai ser de 2 a 25 de março, as terças e quintas-feiras, d das 15h às 17h30, ao preço de R$ R$4.450 em até 12x sem juros.

Esse é um dos cursos da  Dossier Arts and Fashion Education, escola livre de moda e arte idealizada por Giovanni Frasson, em São Paulo. Ainda em março haverá aulas com o artista plástico especializado em colagem Kin Jin (Rafael Dias), a historiadora e jornalista Cynthia Garcia, a estilista Ana Sudano  e o historiador João Braga, além de uma nova turma do curso de moda praia de Amir Slama.

Até junho, devem ser lançados mais 25 novos cursos.  Inscrições pelo site https://dossierartsandfashion.com/