A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) instituiu oficialmente nesta segunda-feira (20), em solenidade no Anfiteatro do Campus de Cascavel.

Este é o primeiro curso de doutorado interinstitucional em Odontologia oferecido nas universidades e faculdades públicas do Paraná. Trata-se do programa de Materiais Dentários da Faculdade de Odontologia de Piracicaba, realizado em parceria com a Faculdade de Odontologia da Universidade de Campinas (Unicamp).

O doutorado teve um processo seletivo normal, realizado na Unicamp, em Piracicaba, com edital aberto para professores da instituição. Além das instituições parceiras, também apóiam o projeto a Fundação Araucária, Fundo Paraná e Capes. O doutorado interinstitucional, autorizado pela Capes, também chamado de Dinter, já tem turma formada. São oito professores da Unioeste e outros dois da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Um dos objetivos do programa é qualificar os docentes das instituições participantes para futuramente viabilizar na Unioeste a implantação de um programa de pós-graduação sctrito-sensu na área. Com o doutorado em Odontologia, sobe para 12 o número de programas de pós-graduação strictu-sensu da Unioeste, dos quais 11 são programas ofertados exclusivamente pela própria instituição, dez em nível de mestrado (Agronomia, Desenvolvimento Regional e Agronegócio, Zootecnia, Educação, Engenharia química, Filosofia, História, Poder e Práticas sociais, Letras – linguagem e sociedade, Zootecnia, Engenharia Agrícola e Geografia) e o doutorado na área de Engenharia Agrícola.

O coordenador operacional do projeto na Universidade, professor doutor Carlos Augusto Nassar, explicou que a primeira turma terá três anos para concluir o curso, cujos créditos serão concluídos na própria Unioeste. A pesquisa é desenvolvida simultaneamente na Unioeste e também com atividades na Unicamp. Segundo ele, a proposta do programa é capacitar os docentes da instituição para os diferentes níveis de ensino e assim aumentar a competência para a formação de recursos humanos na instituição e contribuir para o fortalecimento de grupos de ensino e pesquisa.

O curso de Odontologia da Unioeste teve início no ano de 1997, com turmas anuais de aproximadamente 40 alunos. Atualmente, as clínicas odontológicas da Universidade contam com espaço físico adequado para atendimento de 100 pessoas simultaneamente, em todas as especialidades. O edifício conta com quatro clínicas que totalizam 800 metros quadrados de área construída.

O curso tem também um centro cirúrgico junto às clínicas, com equipamentos completos. Também há Laboratórios de Dentística, Ortodontia, Escultura, Materiais Dentários, Fundição, Raios-X, Pesquisa em Reabilitação Oral e dependências auxiliares (almoxarifados, central de esterilização, vestiários e oficina. O Colegiado de Odontologia oferece cursos de Pós-graduação lato sensu nas áreas de Dentística, Endodontia, Prótese Dentária, Ortodontia e Saúde Coletiva em Odontologia.