União Europeia impõe sanções contra autoridades russas com relação ao caso Navalny

296

A União Europeia impôs sanções contra seis autoridades de alto escalão da Rússia e um instituto de pesquisa química com relação ao alegado envenenamento do líder da oposição Alexei Navalny com um agente nervoso.

Entre as seis autoridades, incluem-se assessores importantes do presidente Vladimir Putin do Escritório Executivo Presidencial e o diretor do Serviço de Segurança Federal. Diz-se que o instituto de pesquisa estava anteriormente envolvido no desenvolvimento e produção de armas químicas, incluindo o agente tóxico nervoso conhecido como “Novichok”. A União Eurpeia diz que vai impor o congelamento de seus bens e a proibição de viagens.

O governo britânico anunciou, na quinta-feira, que vai impor sanções similares sobre as mesmas autoridades.

Moscou nega qualquer envolvimento no caso de envenenamento. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que não há nenhuma lógica na decisão tomada pela União Europeia.
Com informações e imagem da NHK