Mercado global, liberalismo econômico e desenvolvimento do comércio internacional são alguns dos temas abordados pelo jornalista Dirceu M. Coutinho.


A partir de uma análise provocativa a respeito do cenário econômico em que se estabelecem as políticas de comércio exterior, Coutinho leva o leitor a refletir sobre os aspectos das relações comerciais de nações com formas de governo tão díspares quanto os EUA e os países orientais. A partir dessa análise, questiona a incoerência dos sistemas neoliberais adotada pela maioria dos governos, ao mesmo tempo em que um país de economia rural medieval como a China lança as bases para ocupar o primeiro posto na escala econômica mundial.  Ao falar de globalização, o jornalista lembra que o processo que promoveu a geração de riquezas jamais vista pela humanidade também ampliou sensivelmente a distância entre ricos e pobres. Neste sentido, Coutinho faz críticas ao liberalismo teórico e ao protecionismo real praticados por alguns países, enriquecendo os mais ricos e afastando a grande parcela da população dos reais benefícios de um mercado global. Coutinho também analisa a política externa adotada pelo governo Lula e propõe novos caminhos que possibilitem uma inserção mais efetiva do País nas grandes negociações do mundo. Sobre o autor:  O jornalista Dirceu M. Coutinho é estudioso do comércio internacional. Foi coordenador da Comunicação do Ministério da Indústria e do Comércio e da Câmara Municipal de São Paulo. Foi colunista do jornal O Estado de S. Paulo e do Última Hora, tendo passado pelas redações das principais empresas jornalísticas de São Paulo e Brasília. Alguns pontos abordados na obra: 

  • Globalização para todos
  • IDH desmistifica a China
  • Alça está agonizando
  • Brasil no comércio internacional

  Dados técnicos: 

  • Publicação: Editora Aduaneiras
  • Número de páginas: 188
  • Valor: cerca de R$ 42,00
  • Informações e compras: no site: www.aduaneiras.com.br