A mercearia mais tradicional de Curitiba já se adaptou às necessidades dos consumidores modernos


Mercearias são estabelecimentos antigos e tradicionais no mercado de alimentos e suprimentos de pequenas urgências domésticas. Antigamente, atendiam, basicamente, os moradores de um determinado bairro que procuravam uma mercearia para compras em pequenas quantidades de itens em falta na despensa ou necessidades de última hora. Os tempos mudaram e as mercearias também: tudo para atender consumidores que buscam mais uma opção de compras gastronômicas.             Diferente do que muitas pessoas pensam, a globalização econômica que atrai grandes supermercadistas internacionais para o Brasil e a grande disputa entre as grandes redes nacionais de varejo não acabou com as mercearias de bairro, apenas fez com que elas encontrassem um novo espaço para sobreviver no mercado. O que antes era um lugar para encontrar o que faltava na despensa, hoje é um local para adquirir importados, vinhos, produtos a granel, cereais, especiarias e até acessórios de cozinha.             Em meio à grandes supermercados e pequenos armazéns de bairro, as mercearias encontraram sua nova posição para os consumidores. Com atendimento diferenciado e personalizado, as mercearias modernas podem ser consideradas como um “mini-mercado de luxo”: oferecem toda comodidade que os consumidores modernos exigem (loja informatizada e com página na internet, estacionamento próprio, cartão de crédito) e todos os produtos que os apreciadores da boa culinária procuram. Mas continua sendo um estabelecimento relativamente pequeno, atendimento personalizado e fácil acesso.             Percebendo esta tendência, a mercearia mais tradicional de Curitiba, Casa da Azeitona, conta com mais um espaço desde o ano passado. Inaugurada em 1958, juntamente com o Mercado Municipal de Curitiba, a Casa da Azeitona tinha um propósito: vender produtos com qualidade e bons preços em um formato de mercearia, ou seja, o cliente poderia escolher o que queria comprar e o quanto. Localizada na Av. Iguaçu, a nova loja tem espaço, adega, estacionamento próprio e oferece um atendimento bastante personalizado: os clientes podem esclarecer dúvidas e conhecer melhor os produtos.             Além de oferecer toda comodidade e atendimento personalizado, as mercearias modernas oferecem produtos exclusivos que podem ser comprados na quantidade desejada por cada cliente. Produtos diferenciados, artesanais, importados, requintados. Produtos que são os “segredinhos” dos gourmets e bons cozinheiros.

            Até a inauguração da Casa da Azeitona da Av. Iguaçu, os curitibanos tinham uma única opção para encontrar os produtos das mercearias: Mercado Municipal. Através das suas mercearias, o Mercado Municipal de Curitiba era o lugar mais procurado pelos chefs, gourmets e gourmands para encontrar produtos diferentes, exclusivos e ingredientes únicos para elaborar os mais deliciosos pratos. No entanto, a nova mercearia Casa da Azeitona  oferece uma vasta gama de produtos, alguns “segredinhos” dos melhores chefs, incluindo adega e acessórios (o que não é possível encontrar na mercearia Casa da Azeitona no Mercado Municipal) e algumas comodidades que só as mercearias modernas oferecem