O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskyy, prometeu retomar todas as cidades ocupadas por forças russas após Severodonetsk, importante município no leste do país, também ter caído para o controle de Moscou.

Militares russos têm avançado sob Severodonetsk e Lysychansk, uma cidade vizinha separada por um rio, em uma tentativa de conquistar o controle total da região de Luhansk, no extremo leste da Ucrânia.

O prefeito de Severodonetsk admitiu no sábado que a cidade havia sido ocupada por completo por forças russas.

O chefe de inteligência das forças armadas ucranianas disse à agência de notícias Reuters que militares daquele país haviam feito uma retirada tática para poder lutar de uma área mais alta em Lysychansk.

O foco agora está nesta cidade, onde Moscou afirma que batalhas de rua tiveram início no sábado após suas forças terem entrado pelo lado sul.

O presidente ucraniano afirmou no sábado que, em apenas meio dia, 45 mísseis russos atingiram amplas áreas não só no leste, mas também no norte, sul e oeste do país.

Zelenskyy pediu o reforço das sanções contra a Rússia e mais rapidez na oferta de ajuda militar pelo Ocidente.

O principal comandante militar do país divulgou através de um canal de mídia social que a Ucrânia teria começado a utilizar sistemas avançados de foguetes HIMARS fornecidos pelos Estados Unidos e teria atingido alvos em partes do país ocupadas pelos russos.

Com ag internacionais