Tendência: Casa com proteção antivírus

259

Se a casa, nos últimos anos, já estava em posição central para muitas pessoas, a pandemia de covid-19 intensificou sua importância, como um espaço de bem-estar, e trabalho, de lazer e de proteção. Diante destes novos tempos, ainda em configuração, o interesse por todo tipo de tecnologia que pode tornar o lar livre de ameaças à saúde e microrganismos cresceu. Já existia no mercado painéis revestidos, para móveis e interiores, com este tipo de proteção. Agora, ela foi ampliada e difundida entre o consumidor de variados estilos de vida e faixas de renda.
Uma inovação neste sentido está no portfólio 2021 de painéis revestidos da Arauco. Seus produtos, desde novembro de 2021, estão sendo disponibilizados com a proteção antimicrobiana e antiviral Bioclean.

NANOTECNOLOGIA

O processo de proteção ocorre devido ao uso de nanopartículas. “O diâmetro de uma nanopartícula de cobre é 3 mil vezes menor do que o diâmetro de uma partícula de sais de prata ou cobre, que são as tecnologias tradicionais utilizadas para ação antimicrobiana. É como comparar o tamanho de um estádio inteiro de futebol, incluindo as arquibancadas, com a bola do jogo no centro do campo”, explica Fabiola Molteni, coordenadora de produto.
A solução foi desenvolvida pela Arauco e é patenteada pela empresa globalmente para o uso em painéis. “Estamos honrados em trazer a tecnologia de nanopartículas para o mercado brasileiro e oferecer a primeira proteção antimicrobiana e antiviral em toda nossa linha de painéis revestidos, incluindo os brancos”, comenta Flavio Verardi, diretor comercial da Arauco do Brasil. “As produções dos nossos painéis com esta tecnologia já estão em curso e o abastecimento ao mercado se iniciou em novembro”, complementa.
Além de inovar com a tecnologia, a Arauco é a única que utiliza nanopartículas de cobre, metal conhecido por sua capacidade de eliminar bactérias, leveduras e vírus que morrem ao entrar em contato com sua superfície. Testes em laboratório especializado comprovaram a eficácia dos painéis da marca contra fungos e bactérias incluindo a superbactéria’ MRSA – Staphylococcus aureusv, resistente a vários antibióticos comuns, e ao coronavírus, causador da covid-19, desativando o vírus em 15 minutos.
Móveis, paredes, pisos e toda a composição da casa com materiais e revestimentos protegidos e fáceis de limpar. Além de confortáveis, personalizadas e aconchegantes, as casas do presente – e do futuro – precisam efetivamente ser abrigos, quanto ao que vemos e também àquilo que não podemos ver.