Convergência fixo-móvel é inovação desenvolvida e patenteada pela Flexiware.

Falar longamente ao celular em casa sem se preocupar com os custos é o sonho de todo aficcionado por telefone. Impossível? Não. Hoje, graças ao avanço tecnológico esse sonho já é real, graças a convergência fixo-móvel (CFM, ou FMC em inglês) que vem se consolidando com uma das principais tendências da telefonia no mundo, pois alia a praticidade e as funções do celular com o custo muito mais baixo do telefone fixo – isto quando o usuário está no seu local fixo (casa, escritório, etc.), usando o celular para fazer chamadas.

Este método brasileiro de troca de número para a viabilização técnica e econômica da convergência fixo-móvel teve sua patente nacional e internacional requerida por um dos sócios da Flexiware, empresa que nasceu no Centro Incubador de Empresas Tecnológicas (Cietec). A Flexiware, há dois anos e meio procurou o Cietec para desenvolver o método e os equipamentos que trocam, no controle da chamada, o número do celular por outro de fixo, previamente a ele associado, quando a pessoa está no seu local fixo.

Como funciona?

O sistema é especialmente adaptado para redução de custos em ligações, fator necessário no Brasil, onde mais de 80% dos usuários de celular são pré-pagos e a receita por assinante é baixa. O método não requer a troca do aparelho existente: qualquer um, de qualquer tecnologia e geração, é totalmente compatível. Assim, o cliente, detectado também pelo sistema em tal local, usando o celular, liga para um fixo, pagando tarifa fixo-fixo. E a troca viabiliza a cobrança do preço de fixo pela empresa celular, pois, caso contrário, o que esta teria que pagar à fixa seria mais que receberia do cliente.

Os equipamentos e os softwares também foram desenvolvidos no Brasil, com parceiros situados nos pólos tecnológicos de Campinas e de Brasília. O sistema completo inclui 4 módulos: assinatura (aprovisionamento) do serviço pelo cliente (envolvendo endereço e latitude e longitude do mesmo), localização automática no endereço fixo, mudança de número, e supervisão.

Quais são as vantagens?

As vantagens para as operadoras fixa e móvel são substanciais, segundo Cássio Camargos, um dos sócios da empresa. "A telefonia fixa deixa de perder assinantes, que migravam para a praticidade do celular – apesar dos preços e de terem que usá-lo menos antes desse sistema. E as móveis ganham porque vendem mais tráfego em horários que suas redes estão operando com ociosidade, além do serviço ser uma poderosa ferramenta para fidelizar o cliente", conclui Camargos.

Sobre o Cietec

Um dos mais importantes centros incubadores do País, o Cietec foi criado em abril de 1998 por um convênio entre a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, o Serviço de Apoio a Micro e Pequena Empresa de São Paulo (Sebrae-SP), Universidade de São Paulo (USP), Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). As incubadoras são uma forma de incentivo ao desenvolvimento de tecnologia, muito popular no exterior e que está se fortalecendo a cada dia no Brasil. Seu objetivo é incubar empreendimentos de base tecnológica para ampliar o índice de sobrevivência e a competitividade dessas empresas, objetivando o crescimento da economia brasileira, o aumento da geração de empregos qualificados e de melhores resultados na b alança comercial brasileira.