Suspensão do contrato de trabalho e redução da jornada  em pauta

446

Advogada Dra. Thereza Emed: “a  expectativa é de que a nova Medida Provisória seja assinada nas próximas semanas”

“Em razão do cenário atual da saúde pública no país, das medidas adotadas para conter a disseminação da Covid-19, a fim de reduzir os impactos financeiros da crise e preservar o maior número de empregos, o Ministério da Economia deve reeditar as medidas adotadas em 2020 que permitiam a suspensão temporária dos contratos de trabalho e redução da jornada e proporcional dos salários”. O comentário é da advogada Dra. Thereza Emed,  integrante do escritório RS&V que tem o Dr. João Carlos Régis como titular

Para a advogada, “a  expectativa é de que a nova Medida Provisória seja assinada nas próximas semanas, devendo o programa durar mais 4 (quatro) meses, seguindo os mesmos modelos adotados ano passado, com a possibilidade de celebração de acordos de suspensão temporária dos contratos e redução de jornada e salários em 25%, 50% e 70%.”

E acrescenta a Dra.  Thereza Emed : “Nesses casos a União deverá complementar parte da renda daqueles que sofrerem cortes salariais em razão dos pactos celebrados por meio do Bem (Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda), que deverá usar recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) – fundo que paga o seguro-desemprego.”

“O programa também deve apresentar medidas alternativas para preservação do emprego, semelhantes àquelas adotadas na MP 927, como a antecipação de férias, instituição de banco de horas e o trabalho em home office”, finaliza a Dra. Thereza Emed.

“Semana da Mulher” prossegue até dia 26

Programação de palestras da “Semana da Mulher” termina dia 26 de março (sábado)

A  “Semana da Mulher” promovido pela Zoli Eventos, da empresária Cristiane Lissoni, termina no próximo dia 26 de março(sábado) ,    com diversos horários e variados  temas ligados ao  mundo feminino. Os encontros estão sendo realizados pela plataforma  zoom e está aberta ao público em geral,  gratuitamente.  Para acessar os encontros  com o tema de  interesse, basta solicitar  o arquivo PDF com a programação e os links antecipados  para o  whatsapp – 41 99266-3450  ou acesse o link  https://fb.watch/4i9rGcWmjz/.

De acordo com  empresária Cristiane Lissoni  “a  proposta da Zoli Eventos  ao promovermos esses encontros, é que consigamos nas reuniões de  diversas empreendedoras compartilhar suas experiências e ensinamentos sobre o mundo dos negócios.”

Assim, seguindo  a programação, nesta terça-feira,  23, às 8h30, é a vez de Lais Gulin, com “O Espelho como Você Nunca Viu” e  às 20h00 tem Ilke Yoshida   com       “Alimentação ideal para gestantes”.  No dia 24, as 9h00, com Juliana Sousa, abordando “A sabedoria milenar na culinária do dia-a-dia: saiba um pouco mais sobre os benefícios do sal, das ervas, flores e especiarias para a sua saúde”. E às 19h00  Guerda Tiziane Adão abordando “Carro também é coisa de mulher!”. Às 20h30 do mesmo dia Fernanda Rosa e Caroline Neves Carollo  abordarão “Autismo- O que precisamos saber”.  No dia 25, às 9h00 é a vez de Marilda Costa, com o tem “O papel da mulher na família” e às 20h00 Kátia Taras aborda “Como usar acessórios para revelar seu estilo pessoal”.  Dia 26, às 9h00 Simone Arruda, aborda “Cuidados da mulher na amamentação e câncer de mama” e às 20h00 Marina Franco Basy enfoca “Emagrecimento e metabolismo nas mulheres: o que muda a cada fase?”.

A  “Semana da Mulher”, começou nesta segunda feira, 22, quando  Carla Guimarães abordou  o tema “Como aumentar seu poder pessoal, através da sua imagem”. Neste mesmo dia  Vivian Pontes  enfocou sobre  “Em casa sim, baranga never! Como um make simples pode mudar tudo em você”.

Premiação do Projeto ConectAfro

As afroempreendedoras Roberta Kisy, Carolina e Olenka Borba  fazem parte do projeto premiado

O projeto do ConectAfro, voltado ao fortalecimento e qualificação para afroempreededorismo ganhou o prêmio do Fundo Baobá-Coca Cola. Em todo o Brasil, mais de 700 projetos foram avaliados pelo fundo, que tem o propósito de trabalhar com recuperação econômica e equidade racial. Destes, 47 foram escolhidos, 3 da Região Sul. O projeto foi encaminhado por 3 afroempreendedoras: Carolina, Olenka Borba e Roberta Kisy

A proposta do ConectAfro é de fomentar e desenvolver o afroempreendedorismo pela qualificação e mobilização econômica e geração de renda. A articulação tecnológica do projeto será desempenhada pela plataforma Nobis Services, uma startup de impacto sustentável, também fundada em Curitiba. Com essa sinergia será possível cumprir com os principais fluxos de impacto: qualificação e geração de renda e acompanhamento em tempo real de indicadores de inclusão socioeconômica.

“Cada vez mais, o impacto sustentável se consolida como um caminho sem volta para o mundo dos negócios, porque o mundo precisa de modelos econômicos capazes de regenerar: pessoas, economias e a vida”, comenta Claudia Coser, fundadora da plataforma Nobis.

Homenagem às “Mulheres das Letras”

Centro de Letras do Paraná faz homenagem às “Mulheres das Letras”,

Durante a Live em homenagem às “Mulheres das Letras”, o Centro de Letras do Paraná destacou a liderança de nove mulheres associados que estão na direção de nove outras entidades:

– Chloris Casagrande Justen (Centro Paranaense Feminino de Cultura)

– Andréa Motta (União Brasileira de Trovadores Seções Paraná e Curitiba)

– Anita Zippin (Academia de Letras José do Alencar)

– Cassia Cassitas (Academia Feminina de Letras do Paraná)

– Lilia Souza (Academia Paranaense da Poesia)

– Maria Inês Borges da Silveira ( Academia de Cultura de Curitiba)

– Maria Teresa Marins Freire ( Associação das Jornalistas Escritoras – Paraná)

– Valéria Borges da Silveira (Associação Literária Lapeana)

– Vânia Ennes ( Ordem do Sapo)