Os Food Trucks – caminhões ou vans transformadas em lanchonetes e restaurantes ambulantes – estão se espalhando por todo o país. Um novo e lucrativo nicho de negócios, versátil e com infinitas possibilidades está atraindo cada vez mais adeptos e, claro, investidores.

A Metalúrgia Rodriaço, especializada em toda gama de equipamentos para cozinhas industriais, acredita na expansão do segmento e disponibiliza equipamentos adequados para a formatação do negócio. “Como o espaço é limitado, o Food Truck necessita de equipamentos de alta performance. Além da questão espaço, temos também o fator tempo. Como fast food, o empreendedor precisa de agilidade em sua produção, sem perder a personalidade”, explica Rodrigo Vieira Tavares, diretor da Rodriaço. Dentro do levantamento feito pela empresa, constatou-se que o tempo médio de um restaurante, em Curitiba, para servir uma refeição, é de cerca de 10 minutos. Nos Food Trucks, este tempo precisa ser ainda menor, já que esta modalidade de “restaurante ambulante” nem sempre oferece um bom local para aguardar. Com esta informação, levantou-se os itens ideais para o sucesso do negócio. “A linha destinada aos Food Trucks são itens compactos e de alta performance”, diz Tavares.

Dentro destas necessidades, a Rodriaço disponibiliza, fogões, fornos e estufas para conservação de alimentos ideais para garantir a qualidade do produto. “Na linha de fornos de alta performance, temos produtos que são capazes de assar pizzas e calzones em três minutos” exemplifica.

A vantagem do negócio é, realmente, sua versatilidade. O empreendedor pode mudar seu cardápio ou seus pontos de venda de maneira mais prática. “Mesmo que haja necessidade de adaptação da estrutura, via de regra os equipamentos não sofrem alteração. Fornos, chapas e refrigeradores são bem versáteis em suas atribuições, podendo oferecer ao empreendedor desenvolver lanches como pizzas, assados, sanduíches ou espageterias e steakhouses com a mesma eficiência”, orienta o diretor.