Renault fecha parceria com fabricante de semicondutores

339
Montadora vai se unir à STMicroelectronics para aperfeiçoar tecnologia de carros elétricos

O grupo francês Renault e o fabricante suíço de semicondutores STMicroelectronics anunciaram na sexta-feira, 25, uma parceria estratégica destinada ao desenvolvimento de projetos relacionados à tecnologia de veículos elétricos e híbridos.

Pelo acordo, as duas empresas vão trabalhar em conjunto “na concepção, desenvolvimento, produção e fornecimento, para o Renault Group, de produtos e sistemas da STMicroelectronics”. O objetivo da parceria é reduzir o custo dos carros elétricos em 30% e melhorar sua eficiência em 45%, ao conseguir reduzir a perda de potência, aumentar a autonomia e acelerar a recarga de veículos elétricos.

Os dois lados têm muito a ganhar com essa parceria. Enquanto a Renault terá um empresa que vai ajudá-la a aperfeiçoar (e baratear) a tecnologia do carro elétrico e suas baterias, a STMicroelectronics vai garantir uma demanda futura de módulos eletrônicos, a partir de 2026-2030, depois do fim da crise dos semicondutores.

“Esta parceria garante o futuro abastecimento de componentes-chave, que vão contribuir para a redução de 45% da perda de energia e diminuir em 30% o custo da motorização elétrica. Esta cooperação tecnológica vai nos ajudar a concretizar nossa ambição de democratizar os veículos elétricos, para que eles sejam tanto acessíveis como rentáveis”, comemorou Luca de Meo, CEO da Renault.

“A ST está na vanguarda do desenvolvimento de semicondutores de potência avançados, permitindo que o setor de mobilidade evolua para plataformas eletrificadas. Graças a produtos e soluções mais eficientes no plano energético, baseados em materiais de ponta como o carbeto de silício e o nitreto de gálio, vamos apoiar a estratégia do Renault Group dedicada à próxima geração de plataformas elétricas e híbridas”, explicou Jean-Marc Chéry, CEO da STMicroelectronics.