Região Sudeste registra maior aumento de preços do etanol no País, aponta Ticket Log

365
Postos em São Paulo e Minas Gerais em maio apresentaram altas acima de 10%

De acordo com o mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), os postos da Região Sudeste registraram o aumento mais significativo do preço médio por litro do etanol em maio, de 8,96% em relação a abril. O combustível foi comercializado a R$ 4,777, com São Paulo e Minas Gerais liderando as altas.

“Os postos em São Paulo registraram o maior aumento do etanol no País, de 13,54%. Já em Minas Gerais, o combustível avançou 10,43%. As altas no Rio de Janeiro, de 7,65%, e no Espírito Santo, de 5,57%, também contribuíram para o cenário”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

A Região Sudeste em maio deixou de ter a gasolina mais cara do País. Mesmo com aumento de 1,69%, o combustível foi comercializado a R$ 5,901, valor abaixo do apresentado pelos postos do Centro-Oeste, de R$ 5,913. Já o diesel e o diesel S-10 avançaram 6,73% e 6,57%, respectivamente. O tipo comum foi encontrado a R$ 4,549 nos postos, e o tipo S-10, a R$ 4,622.

O preço médio do gás natural veicular (GNV) na região avançou 11,17% e o combustível foi comercializado a R$ 3,731. No Espírito Santo, o valor médio mais alto por metro cúbico foi encontrado, de R$ 4,101. São Paulo apresentou o menor preço, de R$ 3,124.

Mais uma vez, São Paulo foi o estado com os combustíveis mais baratos da Região Sudeste. A gasolina foi encontrada a R$ 5,419 nos postos, e o etanol, a R$ 4,152. Os dois combustíveis foram comercializados pelo maior preço médio no Rio de Janeiro, a R$ 6,271 e R$ 5,306, respectivamente.

Já o diesel em São Paulo foi encontrado a R$ 4,476, e o diesel S-10, a R$ 4,528. Nestes dois casos, Minas Gerais apresentou os combustíveis mais caros, com o tipo comum a R$ 4,659 nos postos, e o S-10, a R$ 4,710.

Nas rodovias Presidente Dutra e Fernão Dias, os combustíveis em São Paulo foram comercializados por valores médios por litro abaixo dos encontrados no Rio de Janeiro e Minas Gerais, respectivamente em cada estrada.

Na Dutra, os postos paulistas venderam o diesel pelo preço médio de R$ 4,442; o diesel S-10, a R$ 4,474; e a gasolina, a R$ 5,378. No Rio de Janeiro, o diesel comum foi encontrado a R$ 4,526 em média; o tipo S-10, a R$ 4,578; e a gasolina, a R$ 6,344.

Já na Fernão Dias, o diesel foi comercializado em São Paulo a R$ 4,379, e em Minas Gerais, a R$ 4,585. O diesel S-10 nos postos paulistas foi encontrado a R$ 4,425, e nos mineiros, a R$ 4,641. Por fim, a gasolina apresentou preços médios de R$ 5,381 (SP) e R$ 6,011 (MG).

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados à Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Fonte: Ticket Log