A Receita Federal vai ganhar neste ano cerca de R$ 1 bilhão de reais com o "sumiço" de 5 milhões de dependentes nas declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física.

A Receita Federal vai ganhar neste ano cerca de R$ 1 bilhão de reais com o "sumiço" de 5 milhões de dependentes nas declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física.

Segundo o secretário Jorge Rachid, esse ganho foi possível porque a partir deste ano o programa do IR passou a exigir que os contribuintes informassem o CPF (Contribuição da Pessoa Física) de seus dependentes.

"Alguns contribuintes colocavam na declaração dependentes que não existiam", afirmou o secretário. O valor informado pelo secretário refere-se ao quanto esses contribuintes passaram a pagar a mais de IR e o quanto a Receita deixou de restituir – no caso dos contribuintes que teriam restituição ao informar dependentes que não existiam.

Além de informar o CPF, neste ano o programa do IR exigia também que fosse informada a renda adquirida pelos dependentes com mais de 21 anos. Isso deveria ser feito mesmo que o rendimento esteja dentro da faixa de isenção (até R$ 14.992,32 em 2006).

Neste ano, cerca de 23 milhões de pessoas entregaram a declaração do IRPF (ano base 2006).