Ram alcança desempenho histórico no Brasil em 2020

311

Marca deve atingir recorde de vendas e já superou 10 mil unidades comercializadas desde que chegou ao País

A Ram, marca integrante do Grupo FCA voltada para picapes, caminha para registrar o seu melhor desempenho em vendas no Brasil desde que iniciou suas operações, há 15 anos. Após o balanço de agosto, a marca contabilizou 10,2 mil veículos licenciados desde 2005, de acordo com números consolidados pela Fenabrave. Além disso, no acumulado deste ano a empresa soma 947 unidades vendidas da picape Ram 2500, total que já é superior em 45,3% ao número obtido em todo o ano passado. Assim, considerando as dificuldades surgidas em 2020 (pandemia e alta do dólar), é possível imaginar que a marca vai obter um desempenho recorde este ano.

“Nossa estimativa é atingir de pelo menos 1.500 emplacamentos, superando o nosso melhor resultado, que foi de 1.343 unidades vendidas em 2012”, afirmou Breno Kamei, diretor da Ram para a América Latina. A marca de mil unidades comercializadas só foi superada outras duas vezes na história da empresa no Brasil, em 2007 (com 1.013 modelos) e em 2008 (com 1.190).

A boa performance neste ano se deve, principalmente, ao agronegócio, que vem registrando excelentes resultados e responde por grande parte das vendas da picape Ram 2500. Dotado de motor Cummins 6.7 turbodiesel com 367 cavalos e 110 kgfm de torque, câmbio automático de seis marchas e tração integral com acionamento eletrônico, o utilitário é enquadrado no Brasil na categoria de caminhão semileve e não possui concorrentes diretos no mercado.

“Chegar a 10 mil unidades ao longo desses 15 anos é um patamar importante, pois a Ram ainda é uma marca de nicho por aqui, sendo a única a oferecer uma picape fuill-size”, destacou Kamei, que ainda fez suspense sobre o futuro. “A história brasileira da marca Ram está prestes a ser enriquecida por capítulos muito importantes”, concluiu, indicando que a picape média Ram 1500 deve chegar este ano.