Nos últimos três anos, foram realizados 20,7 milhões de operações de empréstimo com desconto em folha por aposentados e pensionistas.

Nos últimos três anos, foram realizados 20,7 milhões de operações de empréstimo com desconto em folha por aposentados e pensionistas. De acordo com balanço divulgado ontem pela assessoria do Ministério da Previdência Social, de maio de 2004 até agosto deste ano, 8,4 milhões de pessoas recorreram aos empréstimos e os recursos liberados totalizaram R$ 27,3 bilhões.

Somente em agosto, o valor de empréstimos foi de R$ 904,1 milhões. Segundo a assessoria do ministério, a taxa de juros para empréstimo com desconto em folha na rede bancária chega até a 2,64% ao mês ou 36,66% ao ano. A taxa é definida a cada dois meses pelo Conselho Nacional da Previdência Social (CNPS).

Do total de empréstimos, estão ativos cerca de 13 milhões de operações, no valor de R$ 21,1 bilhões. O total de empréstimos quitados é de quase 5,3 milhões, o equivalente a R$ 1,9 bilhão. O restante refere-se a empréstimos cancelados ou liquidados, o que pode ocorrer quando o segurado decide fazer um novo empréstimo antes de encerrar o primeiro.

De acordo com a assessoria do Ministério da Previdência, as operações de empréstimo consignado – com desconto em folha – a aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começaram a ser realizadas em maio de 2004.