Integrantes da Comissão de Economia, Finanças e Fiscalização da Câmara de Curitiba se reuniram nesta segunda-feira (27) para liberar projetos em tramitação.

Entre os documentos apreciados, há matérias de iniciativa da vereadora Roseli Isidoro (PT) propondo que as escolas do ensino fundamental, educação pré-escolar, educação média de formação geral e ensino superior beneficiadas com a redução da alíquota do imposto, de 5% para 2%, deverão repassar integralmente o valor da diferença entre os índices aos alunos em suas mensalidades. A proposta segue para análise na Comissão de Educação e Cultura.
Também foi apreciado projeto do vereador Jorge Bernardi (PDT) que dispõe sobre a organização da Ouvidoria Municipal de Curitiba. Com parecer favorável na Comissão de Economia, o documento será encaminhado à Comissão de Segurança Pública e Defesa da Cidadania.
Da reunião desta segunda-feira (27), dirigida pelo presidente da Comissão, vereador Jairo Marcelino (PDT), participaram, também, Mestre Déa (sem partido), Professora Josete (PT), Aladim Luciano (PV) e Felipe Braga Côrtes (sem partido).