Programa de inovação capacita mais de 1.600 empreendedoras paranaenses

318

A primeira edição do Ellas – Programa Mulher Inovadora, encerrada na noite de quarta-feira (12), reuniu 1.657 participantes de todo o Paraná. Os oito workshops online semanais foram organizados pela Superintendência Geral de Inovação (SGI), vinculada à Casa Civil, com o objetivo de promover o empreendedorismo e a geração de novas ideias de empresárias.

No total, foram mais de 17 horas de exibição, aproximadamente 7 mil visualizações e 30 mil comentários durante toda a programação.

Cada workshop foi conduzido por uma especialista no tema. Os encontros abordaram conceitos e princípios de inovação e ofereceram orientações sobre a prática inovadora nas empresas, planejamento e desenvolvimento de negócios, capacitação, instrumentos para apresentar as ideias e captação de recursos.

CRÉDITO
Além das informações para alavancar ideias e negócios inovadores, as empreendedoras que participaram de todos os encontros do Ellas poderão pleitear o microcrédito oferecido pela Fomento Paraná. Para isso, devem se inscrever na próxima fase do programa, que será direcionada à gestão financeira.

Quem não completou a capacitação dos oito worshops poderá assistir os módulos restantes no site da SGI e enviar os formulários de participação até o final da semana que vem.

As linhas de crédito disponíveis foram apresentadas pela Fomento Paraná no encerramento do programa. A SGI vai orientar as participantes interessadas sobre o procedimento para obtenção do crédito.

As empresárias que concluíram os módulos poderão, ainda, apresentar seu negócio no Programa Pitch PR Mulher, que será lançado em breve pela SGI. As cinco melhores irão disputar o prêmio de Mulher Inovadora do Paraná.

APOIO
O Programa Mulher Inovadora contou com o apoio da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Superintendência Geral de Ação Solidária, Departamento de Garantia dos Direitos da Mulher, Fundação Araucária, Fecomércio, Câmara da Mulher Empreendedora, Sebrae, Fiep, Assespro, Fomento Paraná e Banco da Mulher. Também foram parceiros do programa o PTI – Parque Tecnológico Itaipu, Iguassu IT, Iguassu Valley, Comunidade Sudovalley, Instituto Legado, Faciap Inovalab, Distrito e Hotmilk e iCities.

Mantenha-se informada, leia a ótima e implacável coluna do jornalista Luiz Juk – BUSINESS WOMAN, no link: diarioinduscom.com.br/business-woman