Integração metropolitana avança com conquistas do primeiro fórum

314
O Pró-Metrópole é um movimento de interesse público, sem fins lucrativos, com o objetivo de estimular o desenvolvimento produtivo integrado dos municípios da Grande Curitiba. Foto: Ricardo Marajó/SMCS

Os 29 municípios que integram a Grande Curitiba deram mais um passo rumo à criação do Mercado Comum Metropolitano com a realização do 1.º Fórum do Programa de Desenvolvimento Produtivo Integrado da Região Metropolitana de Curitiba (Pró-Metrópole), nesta quarta-feira (21/7). O evento, que ocorreu na sede da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), foi aberto pelo prefeito Rafael Greca e pelo governador em exercício, Darci Piana.

Representantes dos setores público e privado da Região Metropolitana também participaram do fórum, que foi presencial e respeitou todas as normas sanitárias de combate à pandemia. O vice-prefeito Eduardo Pimentel é o atual presidente do Pró-Metrópole.

O Pró-Metrópole é um movimento de interesse público, sem fins lucrativos, com o objetivo de estimular o desenvolvimento produtivo integrado dos municípios da Grande Curitiba.

Durante o fórum, foram lançadas iniciativas para apoiar o setor produtivo da Grande Curitiba, como a oferta de 29 mil consultorias gratuitas do programa Recupere do Sebrae/PR, para apoiar micro e pequenas empresas da Região Metropolitana afetadas pela crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus; e um edital de chamamento para que agricultores familiares da Grande Curitiba possam vender para o programa Câmbio Verde da Prefeitura da capital.

1º Fórum do Programa de Desenvolvimento Produtivo Integrado da Região Metropolitana de Curitiba (Pró-Metrópole). Foto: Ricardo Marajó/SMCS

“Estamos nos reunindo neste fórum para consolidar o nosso Mercado Comum Metropolitano, que já saiu do papel e começa a dar os primeiros frutos. Com o Pró-Metrópole, estamos mobilizados para dinamizar a economia e gerar prosperidade a toda Grande Curitiba”, afirmou Rafael Greca, que também é presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec).

O governador em exercício, Darci Piana, afirmou que o estado apoia o esforço dos municípios da Grande Curitiba para uma maior integração. “O desenvolvimento sustentável da Região Metropolitana passa pela união de todos e acho que esta mobilização pode se aprofundar ainda mais entre os integrantes do Pró-Metrópole”, defendeu ele, que também é presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná.

O Pró-Metrópole integra representantes dos setores públicos e privado, como prefeituras de Curitiba e das cidades da RMC, Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (Sebrae/PR), Federação do Comércio (Fecomércio), Federação das Associações Comerciais e Industriais do Paraná (Faciap), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR), Programa de Desenvolvimento Agroalimentar da Região Metropolitana de Curitiba (Prodam) do Governo do Estado, Associação Comercial do Paraná (ACP), Sanepar, Assomec e Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec),

Também participaram da fórum do Pró-Metrópole o presidente da Faciap e coordenador do G7, Fernando Moraes; o presidente da Fiep, Carlos Valter Martins Pedro; o vice-presidente do Pró-Metrópole e diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Roberto Tioqueta; o prefeito de Jesuítas e presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), José Aparecido Veiler Júnior; e o presidente da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Parana (Fetaep), Marcos Junior Brambilla.