Prefeitura de Guarujá cobra Silvio Santos por R$ 2 milhões de IPTU atrasado

251
Foto: Antonio N. SBT

A Prefeitura do Guarujá, litoral de São Paulo, entrou com uma ação de execução fiscal contra o apresentador e empresário Silvio Santos. No processo, que foi distribuído no início de fevereiro, o município cobra R$ 2.015.887,34, valor referente ao pagamento de IPTU de um imóvel no nome de Silvio.

A ação, que corre na Vara de Fazenda Pública no Foro de Guarujá, diz respeito ao hotel Sofitel Guarujá Jequitimar, empreendimento localizado na Praia de Pernambuco e administrado pela empresa Accor, que faz parte do Grupo Sílvio Santos. Os valores acumulados são referentes ao período entre abril e dezembro de 2020.