A Fundação Cultural de Curitiba oferece para os feriados de 7 e 8 de setembro, comemorativos do Dia da Independência e de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais.

A Cinemateca de Curitiba apresenta, no dia 7, uma programação especial para a data, com uma sessão comemorativa da Independência do Brasil. Na programação estão os filmes “Tiradentes”, às 15h30, e “Mauá – o Imperador e o Rei”, às 19h, com entrada franca.

Dois espetáculos teatrais estão entre as sugestões. Com estréia na próxima quinta-feira (6), a peça “Parasitas” entra em cartaz no Teatro Cleon Jacques (Parque São Lourenço). Com texto de Marius Von Mayenburg e direção de Henrique Saidel, a peça reúne personagens que se enfrentam num jogo de relações, onde o objetivo maior é o sofrimento do outro como forma de validação do próprio sentimento. É o caso da história de um jovem paraplégico, sua esposa e o velho que o atropelou, ou da jovem grávida e seu marido indiferente. A peça tem apresentações de quinta-feira a domingo, às 20h. O ingresso é uma lata de leite em pó.

Esta é a última semana para assistir, no Teatro Novelas Curitibanas, a peça “O Amor, seja como for”. A montagem fala sobre o convívio de duas pessoas que se amam e que, entre desastres e acertos, fantasias e confrontos, medos e prazeres, buscam manter acesa a chama que um dia fez com que se aproximassem. A peça fica em cartaz de quarta-feira a sábado, às 21h, e domingo, último dia de apresentação, às 20h. O ingresso é uma lata de leite em pó.

As crianças podem aproveitar a programação de teatro de bonecos, com entrada franca. No sábado (8), o Bondinho da Rua XV apresenta, às 11h, a peça “Respeitável Público”. No domingo (9), às 11h, no Teatro Piá, o cartaz é a peça “Serestas”. A mesma peça será apresentada às 16h, no Teatro da Maria (Parque Barigüi).

O domingo (9) conta com duas atrações musicais no Memorial de Curitiba, no Largo da Ordem. Às 9h tem a Canja de Viola – o mais tradicional encontro de cantores, violeiros, duplas e conjuntos de música caipira da cidade. Às 11h, a música brega toma conta do espaço com a apresentação do grupo Los Bonecos em Amor de Perdição. O espetáculo é composto de pérolas da música brega dos anos 60 e 70, sucessos de cantores como Nilton César, Vanusa, Odair José, Perla, Lindomar Castilho, Lílian, Nelson Ned, Jane e Herondi, Reginaldo Rossi, Wando e Sidney Magal. A entrada é franca.

Entre as exposições, as opções são os lambrequins e mosaicos dos artistas plásticos András Vörös e Selma de Oliveira, em cartaz na Casa Culpi – Memorial da Imigração Italiana. No Museu da Gravura (Solar do Barão) estão abertas as exposições “Rosas Negras”, de Edénei Brizot, “Fayga Ostrower, Doação”, e “Eu tenho graves problemas mentais”, do cartunista Alberto Benett. No Museu da Fotografia (Solar do Barão) estão abertas as mostras “Presença”, de Juan Esteves, e “Natureza em Foco”. Em todas essas exposições a entrada é gratuita. O Espaço Cultural Frans Krajcberg, com obras do artista, também estará aberto neste feriado com ingressos a R$3 e R$1,50 (estudantes, crianças e idosos).