Predisposicão física, predisposicão psicológica e treinamento físico

349

Atividade Física, saúde e qualidade de vida

Prof. Adel L. Youssef

Para realizar qualquer atividade (o exercício e o treinamento físico não fogem à regra), se faz necessário algumas condições, entre elas, pode-se destacar a predisposicão física e a predisposicão psicológica.

De modo sucinto, a primeira se refere ao fazer e a segunda ao querer. Ou seja, não basta a infraestrutura (humana, financeira, material e física), pois, não raro, esteiras se transformam em cabides ou projetos se encerram antes de iniciar.

Vale relembrar algo já analisado, onde foi destacado que a busca pela saúde, não possui nenhuma relação com rotinas de atletas. Isto representa que resultados satisfatórios podem ser obtidos sem sacrifícios extremos.A predisposicão psicológica compreende o componente volitivo do treinamento, representa a vontade e a motivação. Para tanto, algumas estratégias podem ser buscadas, entre elas: a verbalização, a concentração, P.N.L. (programação neurolinguística), buscar um ambiente social e fisico agradável, segurança, e.o..

Já a predisposicão física está relacionada ao ato (ir e fazer), o que pode sofrer interferência de aspectos adjacentes, como exemplo: dormir tarde, excessos relacionados à alimentação ou ingesta de bebida alcoólica, os quais, não permitem um processo de regeneração fisiológica e psicológica, adequados e.o..

Ao iniciar um programa de exercícios ou treinamento físico é necessário vencer a inércia e a preguiça. A decisão tomada e não efetivada não produz nenhum resultado, demonstra apenas uma intenção. Alguns aspectos podem colaborar, desde a escolher uma atividade que gosta, definir metas (realistas), valorizar pequenos resultados, manter disciplina, variar rotinas, não usar a balança como referência, escolher um bom parceiro (instrutor), e.o., mas, fundamental se faz a compreensão de que querer e fazer pressupõe submissão à processos e pessoas.

Independente da idade ou da finalidade do treinamento, se afastar de objetivos por falta de predisposição é uma atitude praticada em prejuizo e consequência pessoal.

Resultados são advindos de ação,  a intenção (boa) é como um desejo sem metas.

https://www.scielo.br/pdf/pusf/v15n1/13.pdf  – aces. em 12/01/2021
del.youssef@gmail.com – (41) 99123-2803