Os preços ao produtor nos Estados Unidos subiram com força em maio diante do salto no custo de energia, sugerindo que a inflação pode permanecer elevada por algum tempo.

O índice de preços ao produtor para a demanda final aumentou 0,8% no mês passado, após avanço de 0,4% em abril, disse o Departamento do Trabalho nesta terça-feira. Nos 12 meses até maio, o índice subiu 10,8%, de 10,9% em abril.

Economistas consultados pela Reuters projetavam alta de 0,8% no mês e de 10,9% na base anual.

Dados do governo da última sexta-feira mostraram um amplo aumento nos preços ao consumidor em maio, o que levantou preocupações de que a inflação provavelmente estaria se tornando enraizada.

Esses receios foram amplificados por uma pesquisa da Universidade de Michigan na semana passada, mostrando que as expectativas dos consumidores de inflação em cinco anos saltaram para uma máxima de 14 anos de 3,3% no início de junho, de uma leitura final de 3,0% em maio.

Com a inflação ultrapassando de longe a meta de 2% do Federal Reserve e pressionando os consumidores, os riscos de a economia estagnar ou mergulhar em recessão no próximo ano estão crescendo.

Fonte: Reuters