Indústria de Transformação Paranaense no 1º semestre de 2007 apontou aceleração de geração de emprego e da produção

O DIEESE, avaliou que a Indústria de Transformação Paranaense no 1º semestre de 2007 apontou aceleração de geração de emprego e da produção, sendo que no primeiro de 2007 a geração de emprego foi 42.928 (8,19%) postos contra 24.352 (4,89%) no mesmo período do ano passado. Enquanto a produção industrial registrou aumento de 6,98%.
Nos últimos 12 meses os indicadores também registram aceleração do nível de emprego e da produção: o emprego cresceu 7,58% nos doze meses encerrados em junho/2006 e 2,66% nos doze meses encerrados em junho/2006; a produção industrial aumentou 3,57% de jul/06-jun/07 e caiu 4,22% de jul/05-jun/06.
No mês de junho de 2007 o nível de emprego mostrou crescimento de 0,62%, com a geração de 3.477, vagas, os subsetores que se destacaram em termos absolutos,
No acumulado do 1º semestre de 2007 a Indústria de Transformação gerou 42.928 postos de trabalho, regionalmente o Interior participou com 85,4% dos empregos gerados e a RMC com 14,6%.
Na variação do nível de emprego, devido ao período de safra agrícola o Interior apresentou crescimento do emprego superior a RMC, no Interior a taxa de crescimento do nível de emprego foi de 10,36% (36.661 empregos) e de 3,67% na RMC (6.267 empregos).