A estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a safra agrícola 2007 mantém o Paraná como o maior estado produtor do País com uma participação de 21,7%


A estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a safra agrícola 2007 mantém o Paraná como o maior estado produtor do País com uma participação de 21,7% na produção nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas. Apesar das geadas e estiagem que prejudicaram as lavouras da segunda safra, o Paraná mantém a posição histórica de líder na produção de grãos do País.
Para este ano o IBGE está estimando uma safra nacional de 133,8 milhões de toneladas, que corresponde a um crescimento de 14,3% em relação à produção do ano passado, que encerrou com uma colheita de 117 milhões de toneladas de produtos.
O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do IBGE, divulgado nesta terça-feira (11) enfatiza principalmente a expectativa de produção dos produtos de inverno, já que os produtos da primeira safra já foram colhidos. No Paraná, são apresentadas as situações do milho safrinha e trigo, principais culturas cultivadas nessa época do ano.
Segundo o IBGE, além do Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso também são líderes de produção cereais, leguminosas e oleaginosas com uma participação na produção nacional de 18,3% e 18,2%, respectivamente. A projeção aponta a soja e o milho da primeira e segunda safra como os líderes de produção no País, representando 82,5% da safra, que corresponde a um volume de 58,2 milhões de toneladas.para a soja e 52,2 milhões de toneladas para o milho.