Aumentou o número de curitibanos que ajudam a Prefeitura de Curitiba a decidir como o dinheiro público será gasto.

Aumentou o número de curitibanos que ajudam a Prefeitura de Curitiba a decidir como o dinheiro público será gasto. Neste ano, foram recebidas 19.698 sugestões de investimentos para serem incluídas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e para a Lei Orçamentária Anual (LOA). A participação no programa Orçamento Cidadão foi 31,3% maior do que no ano passado, quando a prefeitura recebeu 15.026 sugestões para as duas leis.
"Com mais sugestões, o orçamento do município fica cada vez melhor, porque reflete as reais demandas da sociedade. Nós fazemos questão de incentivar a participação popular. Esse é o nosso conceito de Orçamento Cidadão", afirma o prefeito Beto Richa. Das 19.698 sugestões recebidas, 4.281 foram para a segurança pública. Em segundo lugar ficou o item Vias, com destaque para a pavimentação de ruas – 3.772 votos. Em terceiro lugar, Saúde (2.105); em quarto, Esporte e Lazer (1.359); em quinto, Educação (1.228).
Em Curitiba, são feitas dez audiências públicas para cada lei orçamentária. As audiências são feitas sempre à noite para que o trabalhador possa participar dos debates sem perder serviço. Os encontros acontecem sempre nas Ruas da Cidadania ou em escolas dos bairros, para que cidadão fique perto de casa. Além das audiências, a Prefeitura de Curitiba abre outros dois canais de comunicação: a internet e o telefone.