Acontece nesta terça dia 4 o Ponta Grossa Moda e Business, revelando a cidade vizinha de 376 mil habitantes como pólo confeccionista, com capacidade produtiva (60 indústrias) e de negócios.

O evento, numa realização da prefeitura, compreende showroom de confecções, exposição conceito de moda e desfile.

Considerado o maior distrito industrial do interior do Paraná, Ponta Grossa agora estrutura-se como o mais novo pólo confeccionista, com incentivo ao aperfeiçoamento profissional e as políticas de isenção fiscal.

Na primeira mostra do Pólo de Confecções de Ponta Grossa estarão presentes pequenas e médias indústrias que juntas, dizem as autoridades, estão com estrutura produtiva, operacional e com qualidade para suprir as demandas das principais capitais varejistas do país.

Nos investimentos do setor, estão a criação do Curso de Moda e Estilismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa e aulas que acontecem nas unidades das fábricas-modelo Cescage (Centro de Ensino Superior Campus Gerais) e no Senai. Os cursos já qualificaram 1500 profissionais, que atuam nas indústrias da região.

Liliana Tavarnaro, secretária de Indústria, Comércio e Turismo de Ponta Grossa, aponta que entre as 60 indústrias de confecção há as que acumulam até 22 anos de mercado, outras, são recém inauguradas ou recém instaladas, vindas de cidades vizinhas e de outros Estados.

"Confecção é um atividade que exige muita mão-de-obra. E é exatamente esta mão-de-obra qualificada que faz as pequenas confecções melhorar suas atuações no competitivo mercado, aumentar suas rendas e gerar empregos", avalia o prefeito Pedro Wosgrau Filho, que oferece abatimento de impostos municipais e descontos nos estaduais, mais qualificação de mão-de-obra.

O resultado desse empenho será mostrado no desfile de 19 marcas. "São marcas com identidade própria e conceito", garante Liliana Tavarnaro. "O desfile tem proposta conceitual, mas visa mostrar comercialmente o potencial das marcas. "Toda a organização de looks, cenário e seleção de casting seguem a mesma linha dos desfiles das principais semanas de moda do país", afirma Ed Benini, que vai dirigir a passarela.

Marcas em desfile: Pililico Moda Infantil, IIN Moda, Enfe Z Uniformes, Eagle Malhas, If Lu, Nassimalhas, Chemise Confecções, Luah, Zammar, M3, Prêtt-à-Portter, Kennith, 2M Uniformes, Hellen Beach e Skyway.