Polo Jeep em Pernambuco é o 1º carbono zero na América Latina

301
Fábrica é “verde” desde 2017 e agora todos os fornecedores também são; na próxima etapa serão as concessionárias

O grupo Stellantis anunciou nessa semana, no dia 10 de fevereiro, que o Polo Automotivo Jeep, localizado em Goiana (PE), é o primeiro complexo industrial da América Latina neutro em emissões de carbono. A fábrica da Jeep já possuía o Selo Ouro do Programa GHG Protocol Brasil, que atesta os esforços da empresa para gerenciar e quantificar desde 2017 as emissões de gases de efeito estufa (GHG, na sigla em inglês), agora todas as 16 plantas que compõem o parque de fornecedores instalado no mesmo terreno aderiram a programas de compensação de emissões, assim todo o polo tornou-se neutro.

“Trata-se de uma conquista muito importante, alcançada graças ao compromisso com o desenvolvimento sustentável que nós e nossos fornecedores compartilhamos”, disse Antonio Filosa, chefe de operações da Stellantis na América do Sul. “A Stellantis já nasceu com a visão de buscar a neutralidade de carbono; desta forma damos um passo muito importante com este marco inédito para toda a indústria sul-americana”, afirmou.

O próximo passo, a partir de agora, vai ser dado pelas concessionárias, que deverão se adaptar a fim de também reduzir e compensar as emissões nas 200 revendas que compõem a rede Jeep em todo o País. “Em total sintonia com os valores da marca e inspirados pela conquista histórica do Polo Automotivo Jeep, apresentamos o programa à nossa associação e o interesse foi imediato. Agora, vamos trabalhar em conjunto com todos os concessionários para que sejamos a primeira rede Jeep do mundo a alcançar a marca de carbono neutro”, afirmou Everton Kurdejak, diretor comercial da Jeep para o Brasil.

Os executivos da montadora garantem ainda que a preocupação ambiental também vale para os seus produtos. “Desenhamos para a marca uma estratégia com três passos claros dentro do tema de emissões de carbono no Brasil. O primeiro foi alcançado com o polo industrial Jeep. O próximo passa pelo compromisso da nossa rede de concessionárias. O último, mas não menos importante, vem com a eletrificação do nosso portfólio, que já está em curso no exterior. Teremos novidades importantes para oferecer ao consumidor brasileiro ainda este ano”, antecipa Alexandre Aquino, chefe da marca Jeep para a América Latina, se referindo aos modelos híbridos plug-in de Renegade e Compass, que podem chegar ao País no fim do ano.