Polícia revela que velocidade excessiva causou acidente de Tiger Woods

296
Foto: reprodução @DolarToday 

Responsável por investigar as causas do acidente envolvendo o astro do golfe Tiger Woods, em fevereiro deste ano, o Departamento ‘o Xerife’, de Los Angeles, Estados Unidos, revelou que a velocidade excessiva foi o principal motivo que causou o fato.

A informação foi divulgada pela perícia nesta quarta-feira, 7. Segundo o capitão James Powers, o golfista chegou a atingir 140 km/h e colidiu a 120 km/h, em uma árvore, ao passar por uma comunidade de Rolling Hills Estates, um trecho bastante perigoso.