Polícia identifica e interroga homem que invadiu mesquita em Ponta Grossa

396
Reprodução

Após divulgar imagens e solicitar ajuda da população, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) identificou e interrogou o homem de 34 anos suspeito de invadir a Mesquita Imam Ali na última sexta-feira (26), em Ponta Grossa, nos Campos Gerais.

Na ocasião do crime, o suspeito queimou, dentre outros objetos importantes para o Islã, o livro sagrado dos Muçulmanos, o Alcorão. Um carro que estava estacionado no local teve o rádio furtado.

Após investigações, a PCPR identificou o indivíduo e o localizou na região central do município, vestindo as mesmas roupas que usava durante a ação criminosa.

Durante o interrogatório, o homem admitiu a ação. A PCPR apurou que ele vive em situação de rua, é usuário de drogas e possui passagens na polícia por outros crimes contra o patrimônio.

As investigações estão em fase final e ele deverá responder em liberdade pelos crimes de furto qualificado e incêndio majorado, com penas, somadas, de até 14 anos de reclusão.