Pfizer e BioNTech pedem aprovação emergencial de vacina contra Covid-19

305
Frasco rotulado como de vacina contra Covid-19 em frente a logo da Pfizer em foto de ilustração. REUTERS/Dado Ruvic

A Pfizer e a BioNTech informaram na manhã desta sexta-feira (20) que solicitaram a aprovação emergencial da vacina desenvolvida por elas contra o novo coronavírus nos EUA. A informação tinha sido adiantada pelo ministro da Saúde americano, Alex Azar.

Em comunicado, as companhias dizem que também submeteram a vacina para aprovação por agências reguladoras de outros países, como Austrália, Canadá e Japão, além de órgãos europeus.

As empresas reafirmaram suas projeções de produção. A expectativa é que 50 milhões de doses sejam produzidas neste ano e 1,3 bilhão em 2021. As companhias dizem que estão prontas para distribuir a vacina horas após as autorizações.

A vacina mostrou eficácia de aproximadamente 95% em testes clínicos, conforme divulgados pelas duas companhias nesta semana.