PF prende autor de suposto atentado no Ministério da Justiça

269
Foto: reprodução do site Fabio Campana

A Polícia Federal identificou e prendeu na manhã desta segunda-feira (16) o autor do suposto atentado contra o Ministério da Justiça. Ele se chama Luiz Antônio Iurkiewiecz, e é do Paraná.

Ele foi candidato a deputado federal pelo PDT em 2006 com o nome Luiz Iurki, mas não foi eleito. O site “mudabrasil.com.br” conta com um manifesto assinado por ele, datado de 2008, em que Iurkiewicz declara guerra “aos mercenários do parlamento” e diz que lutará até a morte “para erradicar essa vergonha do seio da pátria.”

O texto também diz que ele organizará movimento para convocar uma Assembleia Nacional Constituinte e que deseja as Forças Armadas “soberanas e bem equipadas”.

De acordo com informações preliminares, investigadores buscam agora saber se ele agiu sozinho ou se teve ajuda, e qual motivação ele tinha.

Na noite de domingo (15), um carro branco invadiu o espelho d’água do prédio.

De acordo com relato de policiais militares feitos à Folha, o veículo foi abandonado e ninguém havia sido preso. Ainda de acordo com os policiais, foi encontrado um objeto de madeira amarrado ao acelerador para manter o carro em movimento mesmo sem motorista. As informações são da Folha e do site www.fabiocampana.com.br