Na terça-feira (2), a Polícia Federal realizou a apreensão de 4,4 kg de maconha (skunk)  no centro de distribuição dos Correios da capital do Ceará. Segundo a corporação, não houve prisão.

O trabalho foi desenvolvido com a Coordenação de Segurança Corporativa dos Correios e SEFAZ, com uso de cães farejadores da Polícia Federal.

A droga foi remetida da região centro-oeste do país para destinatário em Fortaleza. Foi instaurado inquérito policial para apurar a participação dos envolvidos.