PEDÁGIO INACEITÁVEL

397

Os atuais  contratos do pedágio no Paraná se encerram em novembro e as novas licitações estão previstas para o fim deste ano.  O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) é contra o modelo híbrido proposto e defende que as novas licitações sejam feitas na Bolsa de Valores, sem a cobrança de taxa de outorga, que pode onerar e elevar o preço das tarifas.

Ele não está só nessa briga. Muito pelo contrário. Um manifesto assinado por 20 entidades do setor produtivo da região de Londrina – dentre elas, a Sociedade Rural do Paraná e a Acil (associação comercial e industrial) – encorpa as instituições que apoiam a frente parlamentar contra o modelo para as novas concessões de pedágio

O arcebispo de Londrina, dom Geremias Steinmetz, afirmou que o atual sistema de pedágio favorece a corrupção e que o Paraná não pode cometer os mesmos erros no novo modelo de concessão defendido pelos governos Bolsonaro e Ratinho Jr.

“Uma vergonha a corrupção que ocorreu com esse contrato assinado há tanto tempo. Não podemos continuar com o mesmo modelo com pequenas mudanças. Precisamos de dispositivos que impeçam verdadeiramente a corrupção nos pedágios. Não podemos continuar essa sangria”, disse o Arcebispo de Londrina durante a audiência pública da Frente Parlamentar do Pedágio.

MORREU RENÉ DOTTI

O Paraná perde mais uma de suas personalidades referenciais. Morreu ontem, em Curitiba, René Ariel Dotti, aos 86 anos, de parada cardíaca. O advogado e professor deixa a esposa Rosarita, as filhas Rogéria e Cláudia, e os netos Gabriel, Pedro, Lucas e Henrique, além de uma legião de admiradores de seu papel como professor, intelectual e ativo combatente pelos Direitos Humanos, pelo Estado de Direito, desde os anos 50, quando formou-se em Direito pela UFPR.

ROSSI NO COMANDO

O empresário Edenilso Rossi vai assumir a presidência do PTB no estado do Paraná. A mudança faz parte da nova estratégia da executiva nacional de reformulação partidária no Estado. Nas próximas semanas Jefferson estará no Paraná para conduzir pessoalmente a transição. Rossi terá como missão estruturar o PTB para as eleições de 2022. O Partido está alinhado 100% ao presidente Jair Bolsonaro. Inclusive Roberto Jefferson já convidou Bolsonaro a se filiar ao PTB.

AUTONOMIA DO BC

O líder do Governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP/PR) afirmou que aprovação da autonomia do Banco Central garante mais estabilidade e segurança à política monetária brasileira e vai estimular a geração de empregos e o crescimento da economia. A autonomia foi aprovada na noite desta quarta-feira (10) por 339 votos a 114 e será enviada à sanção presidencial.

AUXILIO É PROMESSA

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que novo período de auxílio emergencial deve ser pago a partir de março e por um período de até quatro meses. Disse que essa é a alternativa discutida atualmente com o Congresso. Ele ainda não sabe qual será o valor do benefício.

FURA-FILAS

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) recebe denúncias, cruza informações, visita prefeituras que receberam as doses e, a partir desta quarta-feira (10), publica a lista das regionais de saúde com a quantidade de suspeitas de fura-filas. Em pouco mais de uma semana, perto de 200 denúncias chegaram à CGE por meio dos canais da Ouvidoria.

BANDEIRA AMARELA

O prefeito Rafael Greca baixou decreto que prorroga até o dia 17 de fevereiro a bandeira amarela na cidade. Mercados, shoppings e outros comércios continuam funcionando aos domingos. Bares continuam proibidos. Estabelecimentos destinados a eventos culturais, como circos, teatros, cinemas, museus, estão liberados com limitação de público: 50% da capacidade. Já estabelecimentos de eventos sociais, como casas de festas, têm limitação de 50 pessoas.

COMÉRCIO NO CARNAVAL

Consulta feita pela Associação Comercial do Paraná (ACP) com 100 lojistas da Rua 15 e entorno, em Curitiba, constatou que 81% responderam que manterão seus estabelecimentos abertos durante o Carnaval. Apenas 2% responderam que fecharão suas lojas e 17% se disseram ainda indefinidos.

PERTO DO FIM

Canto do cisne? Tentativa de recuperar protagonismo? Perto do fim, fulminada e questionada em várias frentes, a Lava Jato ainda dá sinal de vida e deflagr sua fase 80, batizada de Operação Pseudeia. É a primeira etapa desde que a força-tarefa foi enterrada como equipe isolada. Os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão em São Paulo, sendo três na capital e dois em Pindamonhangaba, no interior paulista. A Justiça ainda autorizou o bloqueio de bens e valores na ordem de R$ 5,2 milhões – valor correspondente aos prejuízos identificados até aqui. O Estadão apurou que o alvo da ação é o empresário Cláudio Mente.

TOQUE DE RECOLHER

Decreto que estende até o fim do mês a restrição de circulação e o distanciamento social foi assinado. O chamado toque de recolher está em vigor desde o início de dezembro de 2020 para conter a propagação do coronavírus. O Governo prorrogou até 28 de fevereiro as medidas dispostas DE restrições de circulação e de distanciamento social, para evitar a propagação do novo coronavírus e conter o aumento das infecções no Paraná

PAGA A FATURA

O deputado federal João Roma (Republicanos-BA) foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para ser o novo ministro da Cidadania, pasta responsável por gerenciar os programas sociais do governo, como o Bolsa Família. Roma substitui Onyx Lorenzoni, que sairá da Cidadania para a Secretaria-Geral da Presidência.

USINA DE EMPREGOS

O estado brasileiro é a maior usina geradora de empregos públicos do planeta, abocanhando quase 50% da carga tributária brasileira, bem como aumentado o percentual de despesas obrigatórias do governo federal, que em 2020 foi de 94,2% do total de despesas. No acumulado de doze meses até dezembro de 2018, o déficit fiscal nominal alcançou R$ 487,5 bilhões. No acumulado em doze meses até dezembro de 2020 o déficit fiscal nominal alcançou R$ 1.015,4 bilhões (13,71% do PIB). 12,6 milhões de servidores (ativos, inativos, civis e militares) custaram R$ 1.172,6 bilhões (16,6% do PIB). Hoje, pelo menos 92 concursos estão abertos para preencher quase 9,5 mil vagas (de todos os níveis de escolaridade).

DISTANCIADOS

Ficou mais evidente o afastamento entre o presidente Jair Bolsonaro e o vice, Hamilton Mourão, excluído da reunião ministerial desta semana. Pelo menos, o vice foi poupado de riscos. Entre presidente e ministros, apenas Tereza Cristina (Agricultura) e Paulo Guedes (Economia) usavam máscaras, como manda o protocolo. Distanciamento também não havia, a não ser entre Bolsonaro e Mourão.

PREVARICAÇÃO

A Associação Brasileira de Imprensa encaminhou uma representação ao Conselho Nacional do Ministério Público contra o PGR Augusto Aras, por prevaricação, pedindo seu imediato afastamento do cargo. Segundo documento, em nome da ABI, a conduta de Aras, ao proteger o governo e a família Bolsonaro representa desvio funcional, além do descumprimento de normas constitucionais. Paulo Jerônimo, presidente da ABI diz que “é impensável que esta postura de Aras seja apenas para credenciá-lo a futura nomeação para o Supremo Tribunal Federal”.

PENDURICALHOS

Ainda os penduricalhos nas estatais: as quebradas são campeãs. A Infraero, por exemplo, usa dinheiro do contribuinte para pagar “auxílio combustível”. O BNDES paga R$ 1.521 por mês em “auxílio-refeição” e mais R$ 654 na “cesta alimentação”.

NA SUÉCIA

Na Suécia, para tratar de tecnologia 5G, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, encontrou Marcus Wallenberg, sócio da Ericsson e controlador do laboratório AstraZeneca. E pediu vacinas em prazos mais curtos. Wallenberg prometeu examinar.

SOZINHO

Para quem estava acostumado a desfilar com um grupo de acompanhantes, Rodrigo Maia foi visto, nesses dias, tomando um dos elevadores da Câmara sozinho. Não havia nem assessor para apertar o botão do elevador ou carregar a papelada.

O RALO

O Relatório de Benefícios de Empresas Estatais Federais, do Ministério da Economia, revela ser fácil saber onde estava o dinheiro público que faltou no oxigênio para pacientes de coronavírus em Manaus. Só o benefício de assistência à saúde de diretores e funcionários do Banco do Brasil, é de R$ 2,3 bilhões por ano, equivale a quase dez vezes tudo o que a prefeitura da capital do Amazonas conseguiu juntar (R$ 244 milhões) para o combate à pandemia do coronavírus.

MAIS EXCESSOS

Ainda excessos na área da saúde nas estatais e bancos oficiais: assistência na Caixa Econômica custa R$ 1,6 bilhões por ano, suficientes para 60 hospitais de campanha totalmente equipados. No Banco da Amazônia, o plano de saúde para diretores e funcionários, de R$ 25 milhões, equivale a mais de 1,6 milhão de litros de oxigênio. E o Banco do Nordeste gasta R$ 90,3 milhões por ano na saúde de diretores e funcionários é o preço de quatro hospitais com 50 leitos de UTI cada um.

APROXIMAÇÃO

O governo brasileiro tem feito movimento de aproximação com a Argentina. Há dois interesses sobre a mesa. O mais premente é garantir a continuidade de fornecimento de energia da Compañia Administradora del Mercado Movorista Electrico (Cammesa) para o Brasil. A Cammessa vem reduzindo o suprimento de insumo para cá por conta do aumento de demanda na Argentina. Por outro lado, o governo brasileiro quer exportar veículos militares blindados produzidos pela Iveco. A interlocução com a Argentina é feita pelo almirante Flávio Rocha, secretário de Assuntos Estratégicos do Planalto.

FRASES

“Uma vergonha a corrupção que ocorreu com o pedágio no Paraná.”

Dom Geremias Steinmetzarcebispo de Londrina.