Parcerias e investimentos pautam encontro do vice-governador com cônsul-geral do Japão

375
Vice Darci Piana falou sobre a presença japonesa no Paraná e frisou o interesse na tecnologia japonesa para o biogás.

O vice-governador Darci Piana se reuniu nesta quarta-feira (24), no Palácio Iguaçu, com o novo cônsul-geral do Japão em Curitiba, Keiji Hamada. Os assuntos tratados passaram pela parceria em tecnologia para a agroindústria paranaense e o comércio entre o Paraná e o Japão.

O vice-governador lembrou a tradição japonesa na história do Estado. “Grande parte do crescimento do Paraná devemos aos japoneses. Temos grandes empresas ligadas ao Japão”, disse Piana. “É importante buscar novos investimentos do Japão no Paraná, como também buscar mercado para os produtos do Paraná para o mercado japonês”.

Com a ideia de avançar com esta parceria, Piana frisou o interesse na tecnologia japonesa para o biogás. “O Paraná é o principal produtor de frangos e o segundo maior de suínos. Há um potencial muito grande para gerar energia, além de resolver um problema ambiental e evitar que todo esse volume de dejetos não contamine o solo e água. Estamos muito preocupados com isso, e contamos com o apoio dos japoneses”, disse.

“Como cônsul-geral do Japão aqui em Curitiba, vou me esforçar ainda mais para aumentar ou melhorar as relações econômicas entre os dois países”, destacou Hamada. Para ele, estar em Curitiba traz boas memórias. “Estou no Paraná pela segunda vez, porque estudei português em Curitiba, há muito tempo. Estou feliz em poder voltar”, afirmou.

Acompanharam o cônsul-geral o vice-cônsul Sotaro Higaki e o presidente do Sindicato dos Aviários e Casas Agropecuárias do Paraná (Sindaca), filiado à Fecomércio, Fábio Hideki Assahi.