No Paraná, mais de 30 instituições e órgãos públicos desenvolvem ações ambientais para conscientizar a sociedade sobre os riscos ao meio ambiente

Nesta sexta-feira (21) comemora-se em todo o País, o Dia da Árvore. No Paraná, mais de 30 instituições e órgãos públicos desenvolvem ações ambientais para conscientizar a sociedade sobre os riscos ao meio ambiente em função do desmatamento, na chamada agenda unificada. Na tarde de terça-feira (18), no Auditório da Prefeitura de Campo Largo, professores da rede municipal e estadual de ensino, se formaram no Curso de Capacitação para Multiplicadores Socioambientais da Sanepar.
No curso, os 87 docentes desenvolveram projetos voltados às escolas, sobre ações que podem colaborar para amenizar danos ambientais. Todos os 21 projetos foram reunidos no Caderno Socioambiental, que está disponível para as escolas da rede pública de ensino. De posse do caderno, a direção das instituições de ensino poderão aplicar um ou mais projetos em suas escolas. São projetos que abordam a importância da água, consumo com consciência, o meio ambiente, resíduos sólidos, reciclagem, entre outros temas.
Durante a formatura, o engenheiro de pesquisa da Sanepar, mestre em Ciência do Solo e doutorando em Recursos Hídricos Charles Carneiro, falou sobre a neutralização de gases de efeito estufa. “O efeito estufa é o responsável por manter a temperatura média da superfície da Terra em cerca de 15°C. Sem ele, a temperatura média da Terra seria de 18°C negativos”, disse Carneiro.