A partir do próximo mês, técnicos argentinos e paraguaios que atuam na área ambiental serão capacitados por paranaenses

A partir do próximo mês, técnicos argentinos e paraguaios que atuam na área ambiental serão capacitados por paranaenses sobre as principais ações voltadas à conservação desenvolvidas pelo Governo do Paraná. O cronograma das atividades foi discutido esta semana, em Assunção, no Paraguai, pelo secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Rasca Rodrigues, ministro da Secretaria del Ambiente do Paraguai, Carlos Antônio Lopez Doze, e ministro de Ecologia, Recursos Naturais Renováveis e Turismo da Província argentina de Missiones, Luis Arnaldo Jacobo.
Rasca esteve em Assunção para participar da V Reunião do Grupo de Gestão Compartilhada por Bacia Hidrográfica (GECOMBAH) que reuniu representantes dos governos do Paraná, Paraguai e Argentina.
O secretário do Meio Ambiente destacou que o objetivo das capacitações é apresentar experiências bemsucedidas para que possam ser reproduzidas nos países vizinhos. “Assim teremos muito mais chances de conseguir bons resultados na proteção do meio ambiente. A ação integrada com os países que fazem fronteira com o Paraná é um desejo do governo, pois as causas e efeitos são comuns. Afinal, meio ambiente e água não têm fronteiras”, disse Rasca.
Entre as ações desenvolvidas no Paraná, os países vizinhos demonstraram maior interesse no modelo de gestão de bacias hidrográficas, formação dos corredores de biodiversidade, gestão de unidades de conservação, recuperação das matas ciliares.