Parada LGBT+ online

300

Mega evento paulistano, devido à pandemia do coronavirus, a Parada do Orgulho LGBT+ deste ano terá uma edição virtual neste domingo dia 14, com veiculação em onze canais do Youtube e Instagram: Diva Depressão, Lorelay Fox, Mandy Candy, Jean Luca, Nátaly Neri, Louie Ponto, Spartakus Santiago, Canal das Bee, Dia Estúdio, APOGLBT e GNT.

A transmissão online será neste domingo (14), das 14 às 21h. Ao longo dessas sete horas, o público poderá conferir atrações, como Pepita, Gloria Groove e Liniker, além de conversas que deverão ser de grande interesse.  Nascida como Parada Gay, há 24 anos anos, a manifestação é organizada pela Associação do Orgulho GLBT (APOGLBT).

Pesadelo

Já a festiva manifestação de rua foi transferida para 29 de novembro, um domingo, tendo como slogan uma pertinente provocação: “Sejamos o pesadelo dos que querem roubar nossa Democracia”.

A 24ª Parada do Orgulho LGBT+ está agendada das 10 às 18h, na Avenida Paulista, no bairro Bela Vista.

Mas a organização alerta que os interessados deixem para comprar passagens e reservar hotéis apenas depois de setembro, pois pelo andar da carruagem da contaminação do coronavírus, é aconselhável ficar de sobreaviso.

Diz a ong: “Além de receber as pessoas da cidade de São Paulo, também recebe turistas do Brasil e do exterior, e preocupados com a segurança da nossa população diante da pandemia, orientamos a todas as pessoas que se for comprar passagens aéreas ou terrestres, organizar excussões e reservar hotéis, não faça nada neste momento, se programem a partir de setembro/2020, quando de fato teremos mais informações/orientações do Governo do Estado, da Prefeitura e dos órgãos de saúde a respeito da pandemia”.

Pepita e patrocínio

Na live deste domingo, a cantora e dançarina Pepita, travesti, referência na caminhada em prol da igualdade, será uma das grandes atrações da live. A transmissão de seu show acontece às 18h30 no (@burgerkingbrasil) e na transmissão oficial da Parada. A assessoria do Burger King, perfilando-se entre os patrocinadores do evento, lembra que Pepita é. uma das primeiras funkeiras transsexuais do Brasil, com uma trajetória abrangente na causa. A artista iniciou sua estrada como dançarina e, além de apresentações e de seu próprio canal nas plataformas Youtube e IGTV, lançou um livro chamado Cartas para Pepita, título de seu quadro de maior sucesso no programa.

Renato Viterbo, vice presidente da APOGLBT, diz sobre essa parceria com a rede de fast food: “Queremos, sempre, criar ações que deem visibilidade e promovam o respeito e oportunidades de trabalho a favor da comunidade LGBT. Queremos estar cada vez mais próximos de empresas que acreditam na nossa luta e na nossa causa”.

Promoção

“Nos últimos três anos, nós estivemos patrocinando a Parada. Em 2020, mesmo considerando o cenário mundial, seguimos priorizando o apoio à comunidade LGBT+. Dessa forma, continuamos a fomentar questões essenciais sobre a diversidade e reforçando o quanto as marcas têm um papel de responsabilidade em relação à causa. E com isso, sempre ressaltar que todos são bem-vindos no BK”, diz Thais Souza Nicolau, diretora de marketing da rede de lanchonetes no Brasil.

Além de patrocinar a manifestação, Burger King lança o Combo do Orgulho, em duas versões: sanduíche com o clássico Whopper, batata mais bebida e o vegetariano Rebel, que estará disponível no app entre os dias 14 e 28 de junho e também pelo Uber Eats.