Pandemia transfere Bienal de São Paulo para 2021

306
@UOL

A organização da 34ª Bienal de São Paulo informou hoje (1º) a nova data da mostra, alterada em virtude da pandemia de covid-19. Inicialmente prevista para começar em outubro próximo, a exposição deve ocorrer entre 4 de setembro e 5 de dezembro de 2021, no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Parque Ibirapuera. Com a mudança, o evento voltará a ser realizado em anos ímpares, tradição interrompida em 1994.

“Em março, adiamos a bienal de setembro para outubro. [Agora] achamos que não tínhamos outra alternativa, senão passar para o ano que vem. Primeiro, não temos segurança”, disse o presidente da Fundação Bienal de São Paulo, José Olympio da Veiga Pereira.

O público pôde conferir algumas das atividades planejadas pela 34ª Bienal em fevereiro deste ano. Estavam marcadas a exposição individual da artista peruana Ximena Garrido-Lecca, que reconta a história do Peru e explora o impacto cultural dos padrões neocoloniais, e uma performance do sul-africano Neo Muyanga.

*EBC