FOTO: CESAR GRECO/SITE OFICIAL DO PALMEIRAS

O Palmeiras está ativo no mercado de transferências para reforçar o elenco de Abel Ferreira. Mas as contas no primeiro semestre de 2022 fecharam com um déficit de R$ 30,5 milhões. Os números foram apresentados ao COF (Conselho de Orientação e Fiscalização) e aprovados.

Esses dados são referentes ao mês de junho. Até maio, a equipe presidida por Leila Pereira tinha um superávit acima dos R$ 15 milhões. O déficit já conta com as novas despesas do Palmeiras — contratações de Merentiel e López nesta janela de transferências.

Recentemente, o clube antecipou cotas de patrocínio e comerciais para equilibrar o fluxo de caixa. Ainda que tenha vendido Gabriel Veron e recebido valores por negociações de atletas emprestados ou por direitos econômicos, segurar estrelas como Danilo e Gustavo Scarpa tem sido um custo esperado pelos dirigentes.

Fonte: Do Live Futebol BR