O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal deverá investir R$ 915 milhões na infra-estrutura de transportes do Paraná.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o governador Roberto Requião anunciam nesta sexta-feira (24), em Piraquara (Região Metropolitana de Curitiba) os investimentos do PAC Federal no Estado.

Os recursos do PAC Federal serão aplicados na construção, manutenção e recuperação de rodovias, na ampliação da capacidade do corredor ferroviário do oeste do Paraná, na recuperação dos berços do Porto de Paranaguá, melhoramentos na hidrovia Paraná-Paraguai, na construção da segunda ponte internacional sobre o rio Paraná e em obras no aeroporto Afonso Pena.

Veja a seguir os investimentos previstos até 2010.

Construções e adequações
BR-116: Adequação do Contorno Leste de Curitiba – 45 km de extensão. Conclusão em dezembro de 2007, com investimentos de R$ 15,5 milhões.

Em Execução
BR-153: Pavimentação do trecho Ventania-Alto do Amparo – 83 km de extensão. Conclusão em dezembro de 2008, com investimentos de R$ 104,7 milhões, sendo R$ 30 milhões em 2007. Obra em andamento.

Em Estudos e projetos/Licenciamento Início de obras pós 2007
Construção da Segunda Ponte Internacional sobre o Rio Paraná, em Foz do Iguaçu, com 720 metros de extensão. Conclusão prevista para 2010, com investimentos de R$ 84 milhões. Em preparação as licitações do projeto executivo.

Restauração (R$ 65,8 milhões em 2007)
Rodovias a recuperar: 279,8 km
BR-116 – Divisa SP/PR – Divisa PR/SC (R$ 15,1 milhões em 2007)
BR-153 – União da Vitória – Divisa PR/SC (R$ 21,6 milhões em 2007)
Demais Rodovias (R$ 29,1 milhões em 2007)
BR-158 – Entroncamento BR-364 (Marquinho) – Divisa PR/SC
BR-272 – Entroncamento BR-487 – Guaíra
BR-476 – Divisa SP/PR – Divisa PR/SC
Obras em andamento

Conservação (R$ 23 milhões em 2007)
BR-116, BR-153, BR-158, BR-163, BR-272, BR-280, BR-373, BR-376, BR-467, BR-469, BR-476 e BR-487. Obras em andamento e em processo de licitação o restante da malha rodoviária

Ferrovias
Ampliação da capacidade do Corredor Ferroviário do Oeste do Paraná, com a construção da variante com cerca de 130 km ligando a Ferroeste à Ferrovia Central do Paraná (Variante de Guarapuava). Conclusão prevista para 2010. Investimento: R$ 400 milhões. Projetos, estudos e licenciamento ambiental a cargo do proponente em fase de estudos.

Portos
Recuperação dos berços do Porto de Paranaguá. Execução de 1.106 m de cais nos berços 201/202, 206, 207, 208, 212 e 213. Conclusão prevista: 2009. Investimento: R$ 76 milhões. Obra a ser executada pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina. A licitar projeto executivo e obra, dependendo de licenciamento ambiental.

Melhoramentos na Hidrovia Paraná-Paraguai
Dragagem, derrocamento, sinalização e balizamento. Conclusão prevista para 2010. Investimento: R$ 20 milhões.

Aeroporto Internacional de Curitiba
O PAC prevê ainda investimentos de R$ 126 milhões no Aeroporto Internacional de Curitiba, para ampliação da pista de pouso (para 2.560 x 45 m), pátio de aeronaves, implantação de táxis, balizamento luminoso e macrodrenagem, além de ampliação do terminal de cargas em mais 5.000 m². As obras, que estão em fase de elaboração do processo de licitação, devem estar concluídas até 2009.