Dois jovens apaixonados, uma relação que desafia preconceitos e uma grande armadilha do destino são os ingredientes desta obra absolutamente inesquecível.

Ternura e erotismo se misturam nas páginas dessa história envolvente e corajosa. Primeiro romance de Nelson Luiz de Carvalho, lançado originalmente em 1998, O terceiro travesseiro (208 pp., R$ 41,90) tornou-se um best-seller do gênero e chega a 10ª edição pelas Edições GLS. Baseado em fatos reais, o livro narra o período em que dois adolescentes, Marcus e Renato, vivem o encantamento da descoberta da paixão. O próprio autor traz à tona a essência do livro: “O terceiro travesseiro fala de amor, paixão e liberdade”, diz ele, na certeza de que sua leitura — indicada para toda a sociedade — possa ajudar a destruir idéias preconcebidas e fortalecer “o respeito a que todo ser humano tem direito”. Fossem os personagens apenas um rapaz e uma garota, a intensidade do sentimento e do desejo existente entre eles já renderia um bom romance. Mas a trajetória dos jovens Marcus e Renato, dois corações muito jovens, decididos a levar seu amor às últimas conseqüências para defender a própria integridade, tem muito mais a oferecer.  Por meio da narrativa em primeira pessoa feita pelo protagonista Marcus, acompanhamos cada momento de cumplicidade entre ele e seu amado Renato. Cada gesto, cada fantasia, incontáveis explosões de prazer.  O livro convida o leitor também a refletir sobre a incompreensão humana, o ciúme, a dúvida, o preconceito e a dor. Uma história comovente e marcante, escrita com maestria. O objetivo do autor é fazer que as pessoas reflitam sobre o próprio comportamento, tornando-se mais abertas e generosas e aprendendo a respeitar o outro em todas as suas dimensões. No texto de quarta capa, o teatrólogo Jurandir Pereira endossa a obra: “Foi uma sensação inusitada constatar que Nelson escrevia pela primeira vez um livro. Tanta experiência, parecia. E não foi o assunto em si que me inebriou. Foi a forma de a história ser contada. Como conseguia ser tão imparcial, sem colocar sua emoção pessoal, sem mesmo opinar ou interferir, sem apressar os fatos, sem distinguir cenas, sem clichês? Ao terminar a leitura, tive a certeza de que nascia ali um grande escritor.” O autorNelson Luiz de Carvalho nasceu em 13 de julho de 1958, na capital paulista. Formado em Administração, foi, por muitos anos, executivo em grandes editoras, antes de ter a própria empresa.  Começou a escrever por hobby. Lançou O terceiro travesseiro em 1998 e Apartamento 41 em 2001. Agora, está preparando um novo romance.