Tecnologia deve simplificar o gerenciamento e a integração de sistemas, reduzir custos e também aumentar a vida útil do sistema, reduzindo o impacto ambiental

Por Luis Domingues*

À medida que os dados se tornam mais centralizados e mais dispositivos e sistemas inteligentes são constantemente adicionados à rede, é essencial contar com uma infraestrutura de cabeamento abrangente, adaptável e inteligente, tanto para a continuidade operacional dos negócios como para minimizar os impactos negativos, em um ambiente que muda rapidamente.  A abordagem por cabeamento estruturado de alto desempenho proporciona muitos benefícios para as empresas, hoje e no futuro.

Os benefícios de usar uma infraestrutura de rede conectada por um sistema de cabeamento estruturado incluem um único ponto de contato para integração, menor necessidade de espaço físico e menor custo de material, mão de obra, manutenção e administração, além da possibilidade de migrar para novas tecnologias com mais facilidade e menor risco.

Vida antes dos sistemas de cabeamento estruturado

Até 20 anos atrás, várias aplicações coexistiam na mesma instalação e víamos diversos tipos de cabeamento em paralelo no mesmo prédio. Telefones, segurança e processos de gerenciamento usavam diferentes protocolos e diferentes sistemas de fiação. O cabeamento estruturado solucionou esse problema por meio de uma abordagem mais lógica e inteligente, fornecendo uma infraestrutura que incluía todos os sistemas citados acima e muitos mais.

Hoje, o protocolo Ethernet se disseminou graças ao seu baixo custo de porta e sua capacidade de endereçamento. Aplicações de segurança IP, controle de acesso e até iluminação de baixa tensão, entre outros sistemas, migraram para Ethernet e cabeamento de par trançado. Abandonamos os antigos sistemas para, cada vez mais, adotar aplicações baseadas em Ethernet e cabo de par trançado, substituindo assim os inúmeros tipos de cabos de décadas atrás.

Essas características permitem a convergência de inúmeras redes ímpares que ajudam, no caso de edifícios inteligentes, a regular automaticamente a segurança, as condições ambientais, a iluminação, as comunicações e outros equipamentos, tornando-se um meio eficaz para aumentar a eficiência de uma empresa, reduzir custos e otimizar as operações. Em data centers, um dos mais complexos ambientes de rede, uma abordagem de cabeamento estruturado é obrigatória.

A rede estruturada ideal

A infraestrutura de rede, especificamente o cabeamento, geralmente não é amplamente reconhecida por seu real valor, porque permanece oculta: fora da mente e da vista. O protocolo para redes LAN, ou seja, Ethernet, se espalhou para as instalações graças ao seu baixo custo de porta e capacidade de endereçamento. Além disso, com os avanços nos padrões Power over Ethernet (PoE), mais dispositivos podem ser alimentados e conectados em rede pelo mesmo cabo de par trançado.

E, embora o uso da conectividade sem fio esteja crescendo no Brasil e no mundo, é fato que continuará a depender fortemente de uma infraestrutura de rede baseada em cabo. Portanto, todo o planejamento de infraestrutura deve começar com uma abordagem estruturada para a fiação. O cabeamento estruturado é a maneira de lidar com a proliferação de dispositivos eletrônicos interconectados, pois é capaz de atender às necessidades de comunicação à medida que se expandem as aplicações de voz, dados e vídeo, para incluir sistemas de automação predial e de segurança e outras redes de controle.

De fato, haverá a necessidade de “cabear ainda mais as redes sem fio” à medida que se tornam células cada vez menores, para atingir a capacidade e a cobertura exigidas pelos usuários e pelos dispositivos. Além disso, com o advento da IoT, espera-se que o número de conexões necessárias aumente exponencialmente.

Dessa forma, podemos dizer que o sistema de cabeamento estruturado necessário para fornecer conectividade em uma instalação deve ter uma combinação de par trançado e cabo de fibra óptica, tendo passado por um projeto meticuloso, instalação qualificada e gerenciamento contínuo. O conceito é conectar tudo de uma vez para evitar custos adicionais.

A tecnologia de cabeamento estruturado de alta qualidade não apenas simplifica o gerenciamento e a integração de sistemas enquanto reduz custos, mas também aumenta a vida útil do sistema, reduzindo a pegada de carbono do edifício e o impacto ambiental e, assim, contribuindo para a conservação do recursos naturais.

Com um verdadeiro sistema de cabeamento estruturado para conectividade de rede, a convergência de telefones, computadores, dispositivos sem fio e controles de gerenciamento predial em uma rede IP centralizada se torna possível à medida que a tecnologia se desenvolve. A chave para projetar uma rede adequada é o planejamento antecipado, o pensamento de longo prazo e evitar o investimento apenas no presente, o que é tão aplicável à tecnologia da informação quanto a todos os aspectos da vida.

*Luís Domingues é o engenheiro sênior responsável pela área de engenharia de sistemas da CommScope para o Brasil