A companhia de teatro Pé no Palco, sob a direção de Fátima Ortiz, encena a peça no Novelas Curitibanas até domingo (9).

O Teatro Novelas Curitibanas, unidade da Prefeitura Municipal administrada pela Fundação Cultural de Curitiba, apresenta até domingo (9) a peça “O amor, seja como for”, que reúne crônicas de Roberto Gomes, um dos nomes de destaque da literatura paranaense. A montagem, a cargo da companhia Pé no Palco e sob a direção de Fátima Ortiz, tem suas últimas apresentações nesta quinta, sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 20h. O ingresso deve ser trocado por uma lata de leite em pó, na bilheteria do teatro.

O espetáculo, selecionado pelo edital “Fomento para o Teatro Novelas Curitibanas – Temporada 2007”, coloca em cena textos produzidos pelo escritor Roberto Gomes, entre 2000 e 2006. As crônicas foram escolhidas pelo próprio escritor e atendem ao desafio de transpor a literatura para o palco, uma prática da diretora Fátima Ortiz em outras encenações como “O Conto da Ilha Desconhecida”, de José Saramago; “Rumo a Terra”, com os poemas de Walt Whitman; e “Como Tornar-se Invisível em Curitiba”, colagem de textos de Jamil Snege, Roberto Gomes, Paulo Venturelli e Lucy Collin.

Serviço:

  • Peça “O amor, seja como for”, com a companhia Pé no Palco e direção de Fátima Ortiz
  • Local: Teatro Novelas Curitibanas (Rua Carlos Cavalcanti, 1.222)
  • Data: até 9 de setembro de 2007, com sessões quinta-feira, sexta-feira e sábado, às 21h, e domingo, às 20h
  • Ingresso: uma lata de leite em pó