Nhundiaquara-2A primeira edição do Nhundiaquara Jazz Festival, realizado no final de semana em Morretes, foi tão superlativo que é de se esperar 2016 de braços abertos. Dois dias de sol, lua e estrelas, barreado na cumbuca, rio mansinho e povo lindo, com família, cachorro de estimação e orquídeas nas mãos. E o som, ah, perfeito! Dois palcos, um deles comandado pelo poeta Tatára, com gente da terra. No outro, atrações nacionais e internacionais.  Pousadas lotadas. Mas a vizinha Antonina salvou os turistas de última hora. A iniciativa é particular, do agitador cultural Luiz Alceu Beltrão, com patrocínio da Copel. E diante de um cenário que parecia uma cidadezinha da Europa, era de se indagar: por que não pensei nisso antes? Foram 16 espetáculos gratuitos, às margens plácidas do rio  Nhundiaquara.

Nhundiaquara-3

Homem Universal

O estilista/designer Jum Nakao, o paisagista Alex Hanazaki e o artista Muti Randolph são os convidados do Núcleo Paranaense de Decoração para palestrar nesta quinta dia 28, no Museu Oscar Niemeyer, sobre o tema Homem Universal, em referência à obra do artista uruguaio Torres Garcia. O seminário trata de diversos assuntos ligados ao bem-estar, como ambiente e interação, criatividade e contemplação.

Duo de muita arte

Duo-de-arteTrabalhos inéditos das artistas plásticas Eliane Prolik e Anna Mariah Comodos estão na Exposição ARR  que o Palacete dos Leões abriga a partir desta terça dia 26 até 3 de julho. As esculturas apresentam o recobrimento de elementos expositivos utilizando as telas brancas finas, vazadas e transparentes, material  usado para a proteção de construções. Já o uso de espelhos e outras superfícies polidas visam intensificar a relação entre obra, contexto, embate corporal e o espectador. E a luz, vinda da área externa, é a cidade para dentro da exposição. A mostra colaborativa, diz Eliane Prolik, “nasceu do interesse mútuo pela visão urbana das redes de proteção na paisagem, sua movimentação ao vento, onde parecem singrar no espaço e tempo e, criam uma espécie de invólucro do ar da cidade”. (Vernissage às 19h. Entrada gratuita).

 

 

Pelos bares

Abre, nesta quinta dia 29, o Aqueces Bar, de Glaucio Monjolo, que traz o conceito paulistano de petiscar e beber. Comidinhas e sanduíches são assinados pelo chef Ivan Lopes e o super premiado barman Igor Bispo e Marcos Néia respondem pelos drinques. Anote: Rua Senador Xavier da Silva, 242, Centro Cívico.