O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cedeu à pressão e concedeu às Forças Armadas o acesso aos códigos-fonte das urnas eletrônicvas qwue serão usadas nas próximas eleições. A área técnica do TSE confirmou a informação no início da noite desta terça, 2, e os técnicos do Ministério da Defesa anunciaram que deverão ir à Corte às 10h desta quarta-feira, 3.

A pasta havia repetido o pedido de acesso aos códigos-fonte e de dados de pleitos anteriores horas antes ao tribunal. O Ministério estipulou prazo até 12 de agosto para receber as informações, para que as Forças Armadas possam analisar as informações. O TSE se antecipou à data-limite.

Na última segunda-feira, 1, o TSE se reuniu com todos os agentes fiscalizadores das eleições, inclusive as Forças Armadas, para que os técnicos do tribunal apresentassem orientações sobre as etapas, métodos, locais e formas de fiscalização e auditoria do sistema eletrônico de votação.

A Justiça Eleitoral e o Ministério da Defesa têm trocado ofícios sobre questionamentos feitos pelas Forças Armadas a respeito do sistema de votação brasileiro.

Com sites