Mercedes-Benz e parceiros superam a marca de 110.000 pessoas atendidas pelas Unidades Móveis de Saúde

410

A Mercedes-Benz do Brasil e os parceiros do projeto “#UnindoForças”, que utilizam Unidades Móveis de Saúde e de Vacinação para levar atendimento médico e assistência a comunidades carentes de localidades distantes de várias regiões do Brasil, alcançaram uma marca notável. Nos primeiros seis meses desta ação, completados em outubro, mais de 110.000 pessoas foram atendidas e mais de 250.000 procedimentos médicos foram realizados nas oito carretas que rodam pelo País, puxadas por caminhões da marca, como o Novo Actros.

O projeto “#UnindoForças” gerou outro resultado muito importante: em quatro meses, mais de 55.000 pessoas foram vacinadas nos dois ônibus Mercedes-Benz cedidos à Cruz Vermelha Brasileira para campanhas de combate à COVID-19.

“O projeto de Unidades Móveis de Saúde, que até aqui já acumulou 25.000 km percorridos, passando por 50 cidades, entrega carretas preparadas para várias áreas médicas, o que também acontece com os ônibus de vacinação”, diz Roberto Leoncini, Vice-Presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Aproximamos, assim, pessoas com o objetivo de levar tratamento, serviços básicos de saúde e vacinas a quem não tem assistência médica ou tem acesso limitado, ajudando a melhorar e salvar vidas. Esta é uma contribuição importante para o País, que beneficia a sociedade e que mostra o nosso compromisso com a sustentabilidade na dimensão social. Nossa expectativa é que mais de 250.000 pessoas sejam atendidas em três anos”.

De acordo com o executivo, o êxito e a continuidade do projeto mostram sua relevância tanto na proposta social de dar suporte às demandas de saúde em diferentes regiões, quanto no fortalecimento de parcerias que propõem a transformação da sociedade. “Nossa Empresa acredita que unir forças é o caminho mais eficiente de promover o desenvolvimento social e estamos muito satisfeitos com os passos que estamos dando nesse sentido por meio dessa ação”, afirma Roberto Leoncini.

Governo alemão contribui para a aquisição das carretas

Com suporte oferecido pela Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo), o governo alemão contribui com 4,5 milhões de Euros para a aquisição das Unidades Móveis de Saúde e de Vacinação. A participação é realizada por meio do develoPPP.de, programa do BMZ (Ministério Federal de Cooperação e Desenvolvimento Econômico), sendo implementada pelo DEG (Deutsche Investitions- und Entwicklungsgesellschaft mbH), uma subsidiária da KfW Bankengruppe. Entre diversas ações globais, a entidade destina recursos para programas em países emergentes e em desenvolvimento com foco em questões sociais, ambientais e econômicas.

@grassi_m com assessoria