“Me inclua fora dessa”

274

“Agradeço ao presidente nacional do PSD Gilberto Kassab por ser lembrado como um dos nomes do partido mas o meu compromisso é ajudar o Brasil através do Paraná”, declarou nesta manhã o governador do Paraná, Ratinho Junior.

Nesta terça-feira, 17, o presidente nacional do PSD, ex-ministro Gilberto Kassab, citou o governador Ratinho Júnior como um dos possíveis nomes do partido para disputar a Presidência da República em 2022.

Analistas do Planalto veem nessa atitude de Kassab apenas mais um lance para aumentar seu cacife nas negociações com o governo de Jair Bolsonaro. Ele vem sinalizando o afastamento de Bolsonaro. Estaria insatisfeito com o pedaço que lhe coube no latifúndio federal. Ratinho Jr faz de tudo para continuar muito próximo de Bolsonaro.

Fiasco

A eleição de 2020 foi dura com os 13 vereadores que tentaram voltar à Câmara Municipal de Curitiba, nenhum deles foi eleito e agora vão precisar torcer para que os eleitos consigam upgrade político para voltarem à política curitibana. Do Blog do Tupan,

Os recusados

A relação dos concorrentes foi a seguinte, com a votação: Angelo Vanhoni (PT) – 4.034 votos. Aílton Araújo (PSL) – 2.802 votos.Paulo Salamuni (PV) – 2.279 votos. Professor Matsuda (PV) – 1.944 votos. Roberto Aciolli (PV) – 1.631 votos. José Carlos Chicarelli (MDB) – 1.582 votos. Dirceu Moreira (Solidariedade) – 1.516 votos. Borges dos Reis (DEM) -1.460 votos. João do Suco (DEM) – 1.376. Luizão Stellfeld (PMB) – 1.272 votos. Pedro Paulo (PT) – 1.065 votos. Sandoval (PSL) – 984 votos. Mestre Déa (PSL) – 238 votos.

Promoção para quem mata

A investigadora Kátia das Graças Belo, que é acusada pela morte da copeira Rosaira Miranda da Silva, foi promovida no quadro da Polícia Civil. O nome dela consta em decreto publicado na sexta-feira. A promoção dela consta em uma lista de promovidos por antiguidade na corporação. De acordo com o advogado da família de Rosaira, Edson Luiz Facchin Junior, a publicação representa uma grande decepção para a família e para a sociedade.

Comemoração

O Progressista foi o terceiro partido mais votado na eleição de prefeitos no Paraná. A legenda somou mais de 443 mil votos em todos os municípios, elegendo 21 prefeitos. Além das prefeituras foram eleitos cerca de 300 vereadores. A deputada estadual e presidente estadual do Progressistas, Maria Victoria, comemorou os bons resultados do partido em todo estado.

Antidemocratas

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, disse que “milícias digitais entraram em ação tentando desacreditar o sistema” de votação e apuração eleitoral, referindo-se aos ataques virtuais sofridos pela Justiça Eleitoral no primeiro turno das eleições municipais. E o ministro foi além: disse que “há suspeita de articulação de grupos extremistas que se empenham em desacreditar as instituições, clamam pela volta da ditadura e muitos deles são investigados pelo Supremo Tribunal Federal”.

Maior capilaridade

Os resultados do segundo turno serão importantes para projetar o comportamento dos partidos de centro em 2022. Com maior capilaridade e musculatura, avaliam os analistas, em grandes centros, lideranças do DEM, como Rodrigo Maia e Luiz Henrique Mandetta, podem alimentar candidatura própria à Presidência, o que poderia dividir esse centro. Já o PSDB, se confirmar a força de São Paulo, pode atrair mais partidos para o campo de João Doria. E o PT, maior vencedor em cidades em 2008 e 2012, durante os governos de Lula e Dilma, está em 15 disputas de segundo turno, com vantagem em sete.

Alianças

Entre chuvas e trovoadas que anteciparão o segundo turno, o bloco de Guilherme Boulos vai procurar apoio em Lula e Ciro Gomes, o que não será uma tarefa fácil. Muitos lembram que Boulos, ao contrário de Marcelo Freixo, não condicionou sua candidatura “à formação de uma ampla frente de esquerda”. Pessoalmente, Boulos, ainda aturdido pelo segundo turno em São Paulo, acha que vence Bruno Covas com esforço próprio. Por outro lado, o pessoal de Covas vai buscar apoio entre os conservadores, tarefa mais fácil.

Guerra de bancos

Na disputa por novos cadastros para o PIX, bancos sorteiam prêmios milionários e prometem isenção de tarifas. No primeiro dia de operação do novo sistema de pagamento, clientes chegaram a esperar mais de sete horas para concluir a transação. O Banco Central diz que o processo está sendo aperfeiçoado.

Duas parcelas

A decisão judicial obrigando o pagamento de mais de duas parcelas do auxílio emergencial no Amapá para fazer com que o desgaste para o governo federal, até agora marginal, ganha impulso. Além do valor simbólico e da arma para a oposição, o tema envolve a relação com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que representa o estado.

Dinheiro vivo

A Procuradoria-Geral da República rechaçou a proposta apresentada pelo ex-governador do Mato Grosso, Sinval Barbosa, para o pagamento de uma multa de R$ 23,4 milhões. Barbosa quer transferir imóveis de sua propriedade a União para abater do valor. A PGR, contudo, já informou ao STF que não abre mão do pagamento em cash. Barbosa está inadimplente com a Justiça: condenado por fraudes e desvio de dinheiro público, já atrasou na quitação de cinco parcelas de sua pena.

Outro exame

A equipe do ministro Milton Ribeiro, da Educação, já jogou a toalha. Dificilmente, o Ministério conseguirá atingir a meta de treinar todos os professores da rede pública federal, conforme  previsto no Programa de Apoio à Implementação da Base Nacional Comum Curricular. Da mesma forma, a revisão dos conteúdos didáticos estabelecidos pelo programa deverá ser empurrada para o ano que vem. Resumo da ópera: na melhor das hipóteses a aplicação de novos currículos só passará o valor em 2022.

Acordo

SBT, Record e Band estudam a costura de um “acordão” para adquirir os direitos de transmissão do Campeonato Carioca de 2021.

Alívio

Flávio Bolsonaro deverá escapar ao menos de uma acusação. A denúncia de falsidade ideológica eleitoral encontra forte resistência no Conselho Institucional do MPF. Não há provas suficientes para fundamentar a acusação. Além disso, o entendimento de parte do Conselho é de que os delitos, ainda que provados, já prescreveram.

Apoio

Abílio Diniz é apontado no Morumbi como um dos principais financiadores da campanha de Julio Casares à presidência do São Paulo Futebol Clube. Nas duas últimas eleições, fortuna de Abílio à parte, os candidatos apoiados pelo empresário perderam.

Ataque hacker

A capacidade do CNJ ao avaliar a segurança dos sistemas de tecnologia está “sub justice”. Em recente estudo intitulado “Governança, Gestão e Infraestrutura de TI”, o Conselho conferiu a nota  9.81 (equivalente a “muito bom”) à rede do STJ. Menos de um mês depois, o Tribunal seria devassado por um ataque hacker.

“Tóxico”

O apoio do ex-presidente petista, antes ambicionado, virou “tóxico”. O candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, que até imitava o jeito de falar de Lula, agora é bem menos enfático nas referências do político condenado por corrupção. Na segunda (16), na Rádio Bandeirantes, sobre o apoio do petista, Boulos desconversou: “Espero o apoio de todas as lideranças que entendam que São Paulo precisa superar a desigualdade…”.

Verso e reverso

Durante o período que antecede o primeiro turno, Guilherme Boulos repetiu o mantra “Bruno Covas é Doria”. Agora, tem medo de um contra-ataque  dos tucanos lembrando que “Boulos é Lula”.

Primeiro-ministro

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, continua com seu complexo de “primeiro-ministro”. Ele voltou a criticar os projetos que o Planalto considera prioritários. E sugeriu que por discordância (ou implicância) vai barrar. Vai para o fundo da gaveta.

Desmobilização

A Conab pretende deslanchar no primeiro trimestre de 2021 seu plano de desmobilização de ativos imobiliários. De cara seriam vendidas a Cobal do Leblon e do Humaitá, no Rio. A Conab confirma estudos “sem prazo para conclusão”. Enquanto isso, Ciro Nogueira batalha a nomeação de José Trabuco de Sousa na diretoria de Operações e Abastecimento que vai tocar o Plano de Desmobilização.

Jovem desempregado

Entre os desempregados brasileiros, que teve recente aumento (de novo) no último mês devido a pandemia o  PNAD – Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios mostra que os jovens foram os mais atingidos. A desocupação da faixa etária alcançou 29,7% contra 13,3% da média geral, do aumento.

Parque

Fetiche do Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, é transformar o Parque Nacional da Tijuca, no Rio, numa espécie de adventure park, com hotéis e atividades esportivas tudo bancado pela iniciativa privada. Só se esqueceu que ali é Mata Atlântica.

Ele é do DEM

Luciano Huck está indexado ao DEM e suas articulações junto ao empresariado têm uma segunda intenção: sensibilizar o PSDB em relação à sua candidatura. Como se sabe, os melhores interlocutores com o “partido da social democracia” são os poderosos da Faria Lima. O governador João Doria acompanha essa movimentação e vai tratar de barrar a intimidade de Huck com os executivos e empresários onde tem força.

Frases

É uma policial que assassinou a copeira Rosaira e agora é promovida pelo governador.”

Edson Luiz Facchin Junior, advogado